Campeonato Maranhense

Sampaio Corrêa bate o Pinheiro no Castelão e assume liderança do Estadual

Tricolor é o único invicto no Campeonato Maranhense; PAC perde duas posições com derrota.
Gustavo Arruda / Imirante Esporte07/04/2021 às 21h37
Sampaio Corrêa bate o Pinheiro no Castelão e assume liderança do EstadualRonald Felipe / Sampaio Corrêa FC

SÃO LUÍS - Vivendo o seu melhor momento na temporada, o Sampaio Corrêa assumiu, na noite desta quarta-feira (7), a liderança isolada do Campeonato Maranhense. Em duelo válido pela sexta rodada do Estadual e disputado no Estádio Castelão, o Tricolor teve dificuldades diante do Pinheiro, mas venceu por 1 a 0 e tomou a liderança da competição das mãos do rival Moto Club, que era o dono da melhor campanha do torneio até o momento.

Poupando alguns titulares, já pensando na última rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste, o Sampaio Corrêa até tentou ditar seu ritmo de jogo no Castelão, mas foi surpreendido pela valentia do Pinheiro, que foi ao campo de ataque, criou boas oportunidades nos dois tempos de partida e transformou o goleiro Mota em grande personagem do confronto. O PAC, entretanto, não teve a mesma eficiência do Sampaio, que garantiu a vitória aos 28 minutos do segundo tempo, com Jajá, que aproveitou cobrança de escanteio de Dione e fez o desvio para o gol.

Único invicto no Campeonato Maranhense, o Sampaio Corrêa chegou aos 13 pontos em cinco jogos disputados e ocupa agora o primeiro lugar da competição, com um ponto a mais que o rival Moto Club. Já o Pinheiro, que tem oito pontos em seis partidas, caiu para a quinta posição do Estadual e ainda está em situação indefinida no torneio: ao mesmo tempo em que luta por vaga na segunda fase, o PAC corre risco de rebaixamento.

Com as mãos na liderança do Estadual, o time do Sampaio Corrêa volta agora as suas atenções para o duelo decisivo contra o CSA, pela Copa do Nordeste. Para avançar às quartas de final do Nordestão, o Tricolor precisa de uma vitória contra o Azulão, em jogo marcado para a tarde deste sábado (10), às 16h, no Estádio Castelão, com transmissão da rádio Mirante AM e cobertura completa do Imirante Esporte. O Pinheiro, por sua vez, aguarda uma definição da FMF sobre a data de sua última partida na primeira fase do Campeonato Maranhense, que será contra o Moto Club, no Estádio Costa Rodrigues.

O jogo

Disposto a pegar a liderança do Maranhense, o Sampaio Corrêa não demorou a pressionar o Pinheiro. Logo aos quatro minutos, Dione arriscou o chute da entrada da área, e Adilson, bem posicionado, fez a defesa. A resposta do PAC veio aos 14, com Alexsandro, que recebeu passe de Leandro, chutou e obrigou Mota a espalmar a bola pela linha de fundo.

Mesmo com dificuldades diante de um Pinheiro avançado, o Sampaio Corrêa mantinha a iniciativa no Castelão. Aos 17 minutos, Roni fez um levantamento para a grande área, e Jefinho cabeceou por cima do gol. Já aos 26, o PAC voltou a criar uma boa oportunidade após Sibito ser lançado por Márcio Diogo e travado por Mota no momento da finalização.

Animado com os bons avanços, o Pinheiro manteve a troca de passes no meio-campo, procurando espaços na defesa do Sampaio Corrêa. Aos 34 minutos, o Búfalo da Baixada teve uma ótima chance com Alexsandro, que recebeu passe após grande jogada individual de Leandro e mandou a bola para fora. O Sampaio, por sua vez, só voltou a finalizar aos 42: após jogada de Erick Daltro, Jefinho arriscou a finalização, que saiu pela linha de fundo.

Pinheiro pressiona, mas Sampaio garante vitória em casa

Depois de um ótimo primeiro tempo, o Pinheiro manteve a postura diante do Sampaio Corrêa, que fez três mudanças no intervalo para responder aos avanços do time pinheirense. Aos três minutos, após tabela com Márcio Diogo, Peterson deu um passe na medida para Raphael chutar e tirar tinta da trave tricolor. O Sampaio teve uma resposta tímida, aos sete, com Pimentinha chutando colocado para defesa tranquila de Adilson.

Sentindo o bom momento, o Pinheiro não diminuiu o ritmo e perdeu mais uma chance aos 19 minutos, com Raphael recebendo belo passe de calcanhar de Alexsandro e arriscando o chute, que foi bem defendido por Mota. O Sampaio Corrêa, mesmo tímido, esbanjou eficiência aos 28: após cobrança de escanteio de Dione, Jajá fez o desvio e marcou para o Tricolor.

Satisfeito com o resultado, o Sampaio Corrêa passou a explorar os contragolpes na reta final de partida, enquanto o Pinheiro pressionava em busca do empate. Já aos 47, o Búfalo da Baixada quase balançou as redes em cobrança de falta de Raphael, mas a bola bateu no travessão e não entrou, para alívio do Sampaio, que garantiu mais uma vitória no Estadual.

FICHA TÉCNICA

SAMPAIO CORRÊA: Mota; Roni (Sávio), Joécio, Lucão (André Luiz) e Erick Daltro (Michel); Pablo, Guilherme Teixeira e Dione; Gabriel Honório (Pimentinha), Jajá e Jefinho (Joanderson). Treinador: Rafael Guanaes

PINHEIRO: Adilson; Kelvin, Pedrão, Magrão e Lucas; Peterson, Joel, Leandro (Raphael) e Márcio Diogo; Sibito (Bolth) e Alexsandro. Treinador: João Carlos Ângelo

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.