Campeonato Maranhense

Sampaio Corrêa goleia o São José de Ribamar e continua na liderança do Estadual

Mesmo poupando alguns titulares, a Bolívia Querida não teve maiores problemas para bater o Peixe-Pedra.
Gustavo Arruda / Imirante Esporte23/02/2021 às 21h34
Sampaio Corrêa goleia o São José de Ribamar e continua na liderança do EstadualO Sampaio Corrêa venceu o São José de Ribamar no Estádio Castelão. (Ronald Felipe / Sampaio Corrêa FC)

SÃO LUÍS - Atual campeão maranhense, o Sampaio Corrêa continua avassalador em busca do segundo troféu consecutivo na competição. Em duelo válido pela segunda rodada do Estadual e disputado na noite desta terça-feira (23), no Estádio Castelão, a Bolívia Querida teve mais uma atuação consistente, goleou o São José de Ribamar por 4 a 0 e manteve os 100% de aproveitamento na temporada.

Mesmo poupando alguns titulares por causa da estreia na Copa do Nordeste, o Sampaio Corrêa sufocou o São José de Ribamar e precisou de apenas cinco minutos para abrir o placar, com Jefinho, após bela troca de passes da equipe tricolor no campo de ataque. Embalado, o Tubarão encaminhou a vitória ainda no primeiro tempo: Dudu, aos 15 minutos, ampliou a vantagem, e Matheus Cassini anotou o terceiro gol em cobrança de pênalti aos 34 minutos. Na etapa final, o São José tentou diminuir o prejuízo, mas o Sampaio se fechou bem e confirmou a goleada com Gabriel Popó, já aos 44 minutos.

Com a vitória no Castelão, o Sampaio Corrêa disparou na liderança do Campeonato Maranhense. Além de chegar aos seis pontos, o Tubarão atingiu oito gols de saldo em apenas duas rodadas. Já o São José de Ribamar, que sofreu a segunda derrota consecutiva, ainda não tem pontos e está na última colocação do Estadual.

Invicto no Campeonato Maranhense, o Sampaio Corrêa volta agora as suas atenções para a Copa do Nordeste: a estreia tricolor no Nordestão será na noite deste domingo (28), às 20h, diante do Sport, na Ilha do Retiro, em partida com transmissão da rádio Mirante AM e cobertura completa do Imirante Esporte. O São José de Ribamar, por sua vez, volta a campo pelo Estadual na tarde deste sábado (27), às 15h30, contra o Bacabal, no Estádio Pinheirão, em São Mateus do Maranhão.

O jogo

Disposto a evitar uma pressão do Sampaio Corrêa no início de jogo no Castelão, o São José de Ribamar avançou suas linhas e tentou sufocar a saída de bola tricolor, mas o Tubarão, agressivo e eficiente, abriu o placar logo aos cinco minutos. Após tabela entre Matheus Cassini e Dudu, a bola ficou nos pés de Dione, que deixou Jefinho livre para balançar as redes pela Bolívia Querida. Mesmo em vantagem, o Sampaio não diminuiu o ritmo e marcou o segundo gol aos 15: após cruzamento de Dione e desvio de Lucão, Dudu aproveitou a sobra e finalizou bem, sem chances para Laerte.

Em situação delicada na partida, o São José de Ribamar fez uma mudança, apostando na experiência e na eficiência de bola parada do experiente meia Kléo, mas o Peixe-Pedra não assustou o Sampaio Corrêa. Aos 30 minutos, Gunnar tentou diminuir o prejuízo pela equipe ribamarense, mas Mota, bem posicionado, segurou firme e salvou o Tricolor.

Enquanto o São José de Ribamar tentava reagir, o Sampaio Corrêa ampliava a vantagem no Castelão. Após ser derrubado por Suellio na grande área, aos 33 minutos, Matheus Cassini cobrou pênalti com perfeição e fez o terceiro gol tricolor. O São José ainda teve uma boa chance para diminuir o placar aos 46: após cobrança de escanteio de Kléo, o zagueiro Anderson Cearense fez o desvio, e a bola saiu pela linha de fundo.

Mesmo com vitória encaminhada, Sampaio também domina ações no segundo tempo

Com a vitória encaminhada, o Sampaio Corrêa diminuiu o ritmo na etapa final e tentou valorizar a posse de bola, ao mesmo tempo em que procurava espaços na defesa do São José de Ribamar. O Peixe-Pedra, por sua vez, lutava para aproveitar qualquer erro da Bolívia Querida: Negueba, aos oito minutos, ganhou disputa com Erick Daltro, ficou cara a cara com Mota e bateu por cobertura, para fora.

Depois do susto, o time do Sampaio Corrêa voltou a se impor no Castelão. Aos 26 minutos, Sávio deu um passe na medida para Dudu, que tentou a finalização e foi travado pela defesa do São José de Ribamar. Já aos 30, Pimentinha recebeu passe de Erick Daltro e lançou Gabriel Popó, que arriscou o chute e isolou a bola para a arquibancada.

Na reta final de partida, o Sampaio Corrêa aproveitou o desânimo do São José de Ribamar e criou boas chances no campo de ataque: Jefinho, aos 37, cabeceou com perigo após receber passe de Erick Daltro, e Léo Melo, aos 39, aproveitou cruzamento de Sávio e cabeceou no travessão. Já aos 44, o quarto gol da Bolívia Querida saiu dos pés de Gabriel Popó, que foi lançado por Léo Melo, colocou a bola no canto esquerdo de Laerte e fechou o placar no Castelão.

FICHA TÉCNICA

SAMPAIO CORRÊA: Mota; Sávio, Allan Godói, Lucão e Erick Daltro; Ferreira, Guilherme (Maurício), Dione (Gabriel Popó) e Matheus Cassini (Pimentinha); Dudu e Jefinho (Léo Melo). Treinador: Rafael Guanaes

SÃO JOSÉ DE RIBAMAR: Laerte; Roberth (André), Keven, Anderson Cearense e Gabriel; Suellio, Junior Masset (Kléo), Negueba e Dudu; Gunnar e Rico (Marcelo). Treinador: Ricardo Alves

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.