Série C

Sampaio Corrêa deslancha no segundo tempo, bate o Globo e permanece no G4

Tricolor teve dificuldades diante da retranca da Águia, mas garantiu a vitória em casa.
Gustavo Arruda / Imirante Esporte14/07/2019 às 21h21
Sampaio Corrêa deslancha no segundo tempo, bate o Globo e permanece no G4O Sampaio Corrêa derrotou o Globo no Castelão. (De Jesus / O Estado)

SÃO LUÍS – Foi com mais emoção que o esperado, mas o Sampaio Corrêa conquistou a segunda vitória consecutiva no Campeonato Brasileiro Série C e garantiu a permanência no G4 do Grupo 1. Em partida válida pela 12ª rodada da fase de grupos da Terceirona e disputada na tarde deste domingo (14), no Estádio Castelão, a Bolívia Querida furou o bloqueio do Globo nos últimos minutos do segundo tempo, venceu por 2 a 0 e mostrou que está mais vivo do que nunca na briga pelo acesso.

Depois de um primeiro tempo em que foi dominante, mas não conseguiu transformar a superioridade em vantagem no placar, o Sampaio Corrêa intensificou a pressão na etapa final e sufocou o Globo até balançar as redes: aos 36 minutos, Rodrigo Andrade aproveitou troca de passes no campo de ataque, arriscou o chute e abriu o placar para o Tubarão. Ulisses, aos 50, confirmou a vitória tricolor em cobrança de pênalti.

Com a vitória no Castelão, o Sampaio Corrêa chegou aos 21 pontos e se consolidou na terceira colocação do Grupo 1 da Série C. Além disso, o Tubarão abriu quatro pontos de vantagem para Santa Cruz e Botafogo (PB), equipes de melhor campanha fora do G4. Já o Globo, com 10 pontos, está na oitava posição da chave e continua na luta contra o rebaixamento.

A próxima partida do Sampaio Corrêa na Série C será na noite desta quinta-feira (18), às 20h, contra o Santa Cruz, no Estádio Castelão, com transmissão da rádio Mirante AM e cobertura completa do Imirante Esporte. O Globo, por sua vez, encara o líder Ferroviário no próximo sábado (20), às 17h, no Estádio Barrettão, em Ceará-Mirim.

O jogo

Com dificuldades para avançar diante de um Globo fechado, o Sampaio Corrêa iniciou a partida apostando nas cobranças de falta. Rodrigo Andrade arriscou de muito longe aos dois minutos, sem sucesso, e Everton, aos 16, parou em grande defesa de Rafael.

Mesmo com maior posse de bola e concentrando seus jogadores no campo de defesa do Globo, a equipe do Sampaio Corrêa não conseguia oferecer perigo ao time potiguar. Com a estratégia de jogar nos contragolpes, o Globo quase abriu o placar nos últimos minutos do primeiro tempo, mas Romano parou a finalização de Bambam.

Na etapa final, o Sampaio Corrêa não diminuiu o ritmo e manteve a pressão diante de um fechado Globo. Aos três minutos, Everton arriscou de longe, e a bola passou muito perto do gol, assustando o goleiro Rafael. Pouco depois, aos nove, Rafael fez grande defesa em finalização de Roney.

Empurrado pela torcida, o time do Sampaio Corrêa avançou de vez na reta final de partida. Everton, aos 32 minutos, aproveitou rebote em cobrança de falta de Rodrigo Andrade, chutou forte e obrigou Rafael a espalmar a bola. A pressão tricolor só surtiria efeito aos 36: após troca de passes, a bola sobrou para Rodrigo Andrade, que chutou firme, sem chances para Rafael.

Aliviado, o Sampaio Corrêa ainda encontrou tempo para marcar mais um gol, com Ulisses, em cobrança de pênalti aos 50 minutos, após Rodrigo Andrade ser derrubado por Rafael.

FICHA TÉCNICA

SAMPAIO CORRÊA: Andrey; Everton, Vitor Salvador, Paulo Sérgio e Romano; Ferreira (Eloir), Lucas Hulk e Rodrigo Andrade; Roney, Welder (João Paulo) e Salatiel Junior (Ulisses). Treinador: João Brigatti

GLOBO: Rafael; Luiz Renan, Lucão, Jobert e Nininho; Victor (Alexandre), Ramon, Jardel (Erick) e Bambam; Jean Natal (Cícero) e Negueba. Treinador: Higor César

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.