Série D

Em despedida da Quarta Divisão, Maranhão Atlético é derrotado pelo Altos

Quadricolor conquistou apenas três pontos em seis partidas na Série D.
Gustavo Arruda / Imirante Esporte09/06/2019 às 23h02
Em despedida da Quarta Divisão, Maranhão Atlético é derrotado pelo AltosAltos e Maranhão Atlético duelaram no Estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina. (Elziney Santos / FFP)

TERESINA – Sem chances de classificação para a segunda fase do Campeonato Brasileiro Série D, o Maranhão Atlético encerrou sua participação na competição nacional na noite deste domingo (9), diante do Altos, pela sexta rodada da fase de grupos da Quarta Divisão. Em partida disputada no Estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina, o Quadricolor jogou com honra e fez uma atuação digna, mas não foi o suficiente para impedir a vitória do Altos por 2 a 1. Foi a quinta derrota do MAC em seis partidas na Série D.

Depois de um primeiro tempo equilibrado, o Altos furou a marcação do Maranhão Atlético aos 12 minutos, com o atacante Manoel. O MAC, entretanto, não se intimidou com o gol dos donos da casa e buscou o empate com Marciano, aos 27 minutos. O Quadricolor tentou segurar o empate em Teresina, mas Ancelmo, aos 41 minutos, marcou o gol da vitória do Altos.

O Maranhão Atlético se despede da Série D na última colocação do Grupo 5, com apenas uma vitória e três pontos em seis partidas. O Altos, por sua vez, chegou aos nove pontos, mas não conseguiu ultrapassar o vice-líder Central e também confirmou sua eliminação precoce na competição nacional, ocupando a terceira colocação da chave.

Eliminado, o Maranhão Atlético aguarda o encerramento da participação do Moto Club na Série D para saber qual será o seu próximo passo na temporada, já que, em caso de acesso do Papão à Série C, o Quadricolor já garante vaga na próxima edição da Quarta Divisão, sem precisar disputar a Copa FMF, marcada para o segundo semestre. Se o Moto não subir, o MAC terá que participar da competição estadual, que premia o campeão com a segunda vaga do futebol maranhense na Série D.

O jogo

Mesmo eliminado, o Maranhão Atlético dificultou a vida do Altos, que precisava da vitória para continuar com chances de classificação. Aos oito minutos, Everlan arriscou o chute da entrada da área, e Camilo defendeu sem sustos. O Altos respondeu aos 13, com Manoel, que recebeu cruzamento de Gago, fez o desvio de cabeça e quase abriu o placar para os donos da casa.

Durante todo o primeiro tempo, o time do Maranhão Atlético valorizou a posse de bola e trocou passes, enquanto o Altos, mesmo com três atacantes, sofria para avançar. Já perto do intervalo, o Jacaré esboçou uma pressão sobre o MAC: enquanto Tiaguinho parou em grande defesa de Rodrigo Ramos aos 38 minutos, Manoel e Gago acertaram o travessão em finalizações aos 46.

MAC busca empate, mas Altos garante vitória no fim

Na etapa final, o Altos foi todo ao campo de ataque e esboçou uma pressão sobre o Maranhão Atlético, apostando principalmente nos cruzamentos para a grande área. A insistência dos donos da casa foi premiada aos 12 minutos, após Manoel finalizar bem, sem chances para Rodrigo Ramos, e abrir o placar no Lindolfo Monteiro.

O gol animou o Altos, que continuou no campo de ataque e acumulou chances perdidas. Aos 18 minutos, Tiaguinho chutou forte, para defesa de Rodrigo Ramos. Pouco depois, aos 20, Manoel arriscou da entrada da área, e a bola saiu pela linha de fundo. Como o Jacaré não conseguia ampliar a vantagem, o Maranhão aproveitou e deixou tudo igual: aos 27 minutos, Marciano foi lançado na grande área, aproveitou erro da defesa do Altos e mandou a bola para o gol.

Desesperado pela vitória, o Altos abdicou da defesa e avançou todo o time para o campo de ataque, enquanto o Maranhão Atlético esperava por um erro da equipe piauiense para responder no contra-golpe. Tiaguinho, aos 32, aproveitou sobra em bate-rebate na área do MAC e chutou forte, para fora. Os donos da casa só conseguiram o gol da vitória aos 41, com Ancelmo, que insistiu em jogada individual e finalizou bem, sem chances para Rodrigo Ramos.

FICHA TÉCNICA

ALTOS: Camilo; Gago, Leone (Caíque), Yuri e Tiaguinho; Dos Santos (Ancelmo), Jorginho e Marcinho (Wesley); Klenisson, Raphael Freitas e Manoel. Treinador: Leandro Campos

MARANHÃO ATLÉTICO: Rodrigo Ramos; Denílson, Maicon, Robinho e Chico Bala; Robson Simplício (Paulinho), Jefferson Abreu, Everlan e Palito; Marciano (Rafael Santos) e Isaías (Cléber Pereira). Treinador: Lucas Andrade

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.