Série D

Moto Club goleia o Ypiranga no Castelão e encaminha vaga na segunda fase da Série D

Com grande atuação no segundo tempo, o Papão manteve os 100% de aproveitamento na Quarta Divisão.
Gustavo Arruda / Imirante Esporte19/05/2019 às 19h33
Moto Club goleia o Ypiranga no Castelão e encaminha vaga na segunda fase da Série DO Moto Club conquistou, diante do Ypiranga, a terceira vitória na Série D. (Biné Morais / O ESTADO)

SÃO LUÍS – Em grande fase no Campeonato Brasileiro Série D, o Moto Club conquistou, na tarde deste domingo (19), a terceira vitória consecutiva na fase de grupos da competição nacional. Atuando ao lado da torcida rubro-negra, no Estádio Castelão, o Papão do Norte encontrou dificuldades no primeiro tempo contra o Ypiranga (AP), mas contou com grandes atuações de seus reservas, deslanchou na etapa final e goleou a equipe amapaense por 5 a 1. Com esse resultado, o Moto está muito perto de confirmar a classificação para a segunda fase da Quarta Divisão.

Mesmo com pouca inspiração no campo de ataque, o Moto Club abriu o placar aos 41 minutos do primeiro tempo, com Márcio Diogo, em cobrança de pênalti. O Ypiranga, entretanto, empatou o jogo antes do intervalo, após finalização do zagueiro Wallace. Na etapa final, Gleisinho precisou de apenas um minuto para recolocar o Moto na liderança do placar, enquanto Evandro Russo e Wallace Lima (2), que iniciaram a partida no banco de reservas, transformaram a vitória rubro-negra em goleada no Castelão.

O triunfo em casa manteve o Moto Club na liderança isolada do Grupo 3 da Série D, com nove pontos e 100% de aproveitamento após três rodadas. Para confirmar a classificação, o Papão precisa de mais dois pontos em três jogos. Já o Ypiranga, que ainda não venceu na Quarta Divisão, continua com apenas um ponto e na última colocação da chave.

Depois de se enfrentarem em São Luís, Ypiranga e Moto Club voltam a se encontrar na próxima segunda-feira (27), às 20h, no Estádio Zerão, em Macapá, com transmissão da rádio Mirante AM e cobertura completa do Imirante Esporte. A partida é válida pela quarta rodada da fase de grupos da Série D.

O jogo

Com três atacantes no time titular e apoiado pela torcida, o Moto Club tomou a iniciativa no Castelão, mas o Ypiranga, além de fechar os espaços para o Rubro-Negro, chegava com velocidade nos contragolpes, dando trabalho aos defensores motenses. Diante de um adversário com forte marcação, o Moto só conseguiu levar perigo ao gol do time amapaense em uma finalização de longa distância do volante Lucas Hulk, aos nove minutos.

Aos poucos, o Moto Club assumiu o domínio completo da partida, diante de um Ypiranga fechado no campo de defesa. Vinícius Paquetá, aos 24 minutos, arriscou o chute, que bateu na zaga do time amapaense e saiu pela linha de fundo. Pouco depois, aos 28, Vinícius Paquetá teve mais uma chance em cobrança de falta, mas a bola foi para fora.

Na reta final do primeiro tempo, o time do Moto Club manteve a pressão no ataque. Aos 39 minutos, Gleisinho cruzou na cabeça de Bruno Henrique, que desviou a bola para fora. De tanto insistir, o Papão abriu o placar aos 41: após Bruno Henrique ser derrubado por William na grande área, Márcio Diogo cobrou pênalti com categoria e balançou as redes pelo Rubro-Negro. O Ypiranga, entretanto, surpreendeu a torcida motense no Castelão e arrancou o empate aos 48, com o zagueiro William, que aproveitou cobrança de falta e finalizou bem, sem chances para Rodolfo.

Reservas dão show, e Moto deslancha no segundo tempo

Mesmo sofrendo o gol de empate nos acréscimos do primeiro tempo, o Moto Club não sentiu o golpe e recuperou a liderança do placar logo no primeiro minuto da etapa final. Após grande jogada de Márcio Diogo, Gleisinho ficou cara a cara com Murilo e fez o segundo gol do Rubro-Negro. Novamente com a vantagem, o Moto administrou a posse de bola, diante de um Ypiranga com dificuldade para avançar suas linhas.

Com o Moto Club dominando o jogo, mas sem criar tantas finalizações, o técnico Wallace Lemos injetou sangue novo no ataque rubro-negro, promovendo as entradas de Evandro Russo e Wallace Lima. A dupla, logo aos 32 minutos, fez uma grande jogada: após cobrança de falta de Evandro Russo, Wallace Lima cabeceou a bola na trave. A resposta do Ypiranga veio aos 34, com Dhonata, que finalizou da entrada da área e parou em uma grande defesa de Rodolfo.

De fôlego renovado no ataque e diante de um Ypiranga sem muita ambição, o Moto Club fez o terceiro gol aos 35 minutos: Gleisinho puxou o contra-ataque e serviu Evandro Russo, que não desperdiçou a oportunidade. Aos 37, após nova jogada individual de Gleisinho, o estreante Wallace Lima cortou a marcação e acertou um belo chute. Animado, Wallace Lima ainda fez o quinto gol do Moto, aos 44, depois de receber passe de Wander, que também entrou no decorrer da partida.

FICHA TÉCNICA

MOTO CLUB: Rodolfo; Diego Renan, Rayan, Eduardo Favero e Fernandinho; Naílson, Lucas Hulk e Márcio Diogo (Wallace Lima); Gleisinho, Vinícius Paquetá (Wander) e Bruno Henrique (Evandro Russo). Treinador: Wallace Lemos

YPIRANGA: Murilo; Greick (Felipe Mazagão), Fernando, William e Esquerdinha; Sandro, Alexandre Pinho (Aldair), Dhonata e Kairo; Jaílton e Kendel Nené (Nildon). Treinador: Jason Rodrigues

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.