Copa do Brasil

Moto Club é derrotado pelo ABC nos pênaltis e se despede da Copa do Brasil

Papão abriu dois gols de vantagem no tempo normal, mas cedeu o empate e foi eliminado pelo Alvinegro.
Gustavo Arruda / Imirante Esporte07/03/2019 às 22h57
Moto Club é derrotado pelo ABC nos pênaltis e se despede da Copa do BrasilABC e Moto Club se enfrentaram no Estádio Frasqueirão, em Natal. (Andrei Torres / ABC FC)

NATAL – Não faltou fibra e garra, mas o Moto Club teve que adiar, mais uma vez, o sonho da inédita classificação para a terceira fase da Copa do Brasil. Em um jogo emocionante, disputado na noite desta quinta-feira (7), no Estádio Frasqueirão, o Papão do Norte cedeu o empate por 2 a 2 diante do ABC, depois de abrir dois gols de vantagem, e foi eliminado após derrota por 5 a 3 na disputa de pênaltis. Foi a quarta desclassificação do Moto na segunda fase da competição nacional.

Mesmo lidando com a pressão da torcida do ABC, que compareceu em bom número ao Frasqueirão, o Moto Club esbanjou tranquilidade, envolveu os donos da casa e abriu vantagem ainda no primeiro tempo, com Márcio Diogo, que recebeu cruzamento de Juninho Arcanjo aos 38 minutos e finalizou bem, sem chances para Edson. Na etapa final, o Moto manteve o ritmo no campo de ataque e contou com mais um gol de Márcio Diogo, aos 12 minutos. O ABC, entretanto, mostrou sua força e arrancou o empate: o zagueiro Mauricio descontou aos 15, e o atacante Rodrigo Rodrigues, aos 43, deixou tudo igual para os donos da casa. Nos pênaltis, Márcio Diogo errou sua finalização, e o ABC converteu as cinco cobranças.

Classificado, o ABC enfrentará o Santa Cruz, que avançou à terceira fase da Copa do Brasil após eliminar Sinop e Náutico. O Moto Club, por sua vez, tem pela frente a continuação do Campeonato Maranhense, onde tem 100% de aproveitamento após seis rodadas, e da Copa do Nordeste. Além disso, o Papão disputará, a partir de maio, o Campeonato Brasileiro Série D, que começa em maio.

Agora, a equipe do Moto Club volta as suas atenções para a Copa do Nordeste: neste domingo (10), às 19h30, o Papão encara o Salgueiro, no Estádio Cornélio de Barros, em duelo válido pela quinta rodada da primeira fase do Nordestão. Também neste domingo, mas às 17h, o ABC terá um clássico contra o América, na Arena das Dunas, pelo Campeonato Potiguar.

O jogo

Com obediência tática e forte marcação, ABC e Moto Club apostaram em lançamentos da defesa para o ataque no início de partida, já que não estavam encontrando espaços no toque de bola. Depois de controlar os primeiros avanços dos donos da casa, o Moto chegou com perigo aos 16 minutos, com Naílson, que arriscou o chute e levou perigo ao gol de Edson.

Sem demonstrar nervosismo, o Moto Club valorizou a posse de bola e assustou o ABC mais uma vez aos 19 minutos: Juninho Arcanjo arriscou de longe, a bola bateu na defesa alvinegra e passou perto do gol. Sofrendo com a forte marcação rubro-negra, o ABC só finalizaria aos 29 minutos, com Neto, que mandou a bola pela linha de fundo.

Melhor em campo, o time do Moto Club transformou a superioridade em vantagem no placar aos 38 minutos. Após receber passe de Juninho Arcanjo na grande área, Márcio Diogo chutou de primeira, sem chances para Edson, e fez o gol do Papão. Aos 47, um lance polêmico: após erro da defesa do ABC, Diego Vitor foi derrubado por Edson na grande área, mas a arbitragem não marcou o pênalti a favor do Rubro-Negro.

Moto faz o segundo gol, mas ABC busca empate

Disposto a arrancar o empate, o ABC voltou com postura mais ofensiva para o segundo tempo. Aos seis minutos, Rodrigo Rodrigues recebeu a bola na grande área e arriscou o chute, que foi travado pela defesa do Moto Club e ficou nas mãos de Rodolfo. Pouco depois, aos oito, Jonathan fez grande jogada e cruzou na medida para Ivan, que chutou cruzado e obrigou Rodolfo a espalmar a bola pela linha de fundo.

Aproveitando os espaços na defesa do ABC, o Moto Club ampliou a vantagem aos 12 minutos. Após lançamento em profundidade, Márcio Diogo ficou cara a cara com Edson, fez o drible, chutou forte e estufou a rede alvinegra. A reação do ABC, porém, foi rápida: aos 16, Ivan cobrou escanteio na medida para Maurício, que cabeceou firme e manteve os donos da casa na partida.

Com o gol do ABC, o Moto Club mudou sua postura, com toques rápidos e velocidade, e tentou administrar a sua vantagem. Sentindo o bom momento, o Alvinegro Potiguar foi todo ao ataque e conseguiu o empate aos 42 minutos, com Rodrigo Rodrigues, que recebeu cruzamento de Sagredo, se antecipou a Rodolfo e desviou para o gol.

Pênaltis

Logo na primeira série de cobranças, o ABC abriu vantagem sobre o Moto Club: enquanto Ivan converteu pelo Alvinegro, Márcio Diogo parou em defesa de Edson. O Moto fez três gols com Alisson, Matheus Mendes e Juninho Arcanjo, mas o ABC garantiu classificação com finalizações precisas de Eder, Anderson, Mauricio e Rodrigo Rodrigues.

FICHA TÉCNICA

ABC: Edson; Ivan, Maurício, Adalberto e Jonathan; Anderson Pedra (Joilson), Felipe Guedes, Guilherme Xavier (Anderson) e Neto (Sagredo); Eder e Rodrigo Rodrigues. Treinador: Ranielle Ribeiro

MOTO CLUB: Rodolfo; Diego Renan, Lucas Dias, Alisson e Matheus Mendes; Nailson (Eduardo Favero), Lucas Hulk (Pedro Dias) e Juninho Arcanjo; Márcio Diogo, Evandro Russo (Victor Salvador) e Diego Vitor. Treinador: Wallace Lemos

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.