Futebol

Sorteio da Copa do Brasil prevê rivais de peso para Moto Club e Sampaio Corrêa

Rubro-Negro estreia na primeira fase, ao lado do Imperatriz, enquanto o Tricolor entra direto nas oitavas de final.
Gustavo Arruda / Imirante Esporte06/12/2018 às 23h41
Sorteio da Copa do Brasil prevê rivais de peso para Moto Club e Sampaio CorrêaEm 2017, o Moto Club foi eliminado após derrota em casa para o São Paulo. (Rubens Chiri / São Paulo FC)

RIO DE JANEIRO – Uma das competições mais tradicionais do futebol brasileiro, a Copa do Brasil terá o seu pontapé inicial na noite da próxima quinta-feira (13), com o sorteio dos confrontos da primeira fase e a definição do diagrama até a terceira fase. Em 2019, três equipes maranhenses disputarão o torneio: além de Moto Club e Imperatriz, que estreiam na etapa inicial da competição e garantiram vaga como finalistas do Estadual, o Sampaio Corrêa está confirmado nas oitavas de final, como campeão da Copa do Nordeste, e não participa desse primeiro sorteio.

Atual campeão maranhense, o Moto Club terá, logo de cara, uma pedreira na Copa do Brasil. Situado no Pote E, o Papão do Norte enfrentará uma equipe do Pote A, que conta com sete equipes na primeira divisão do Campeonato Brasileiro: Santos, Corinthians, Chapecoense, Botafogo, Fluminense, Vasco e Bahia. O pote é completado por Sport, Vitória e Ponte Preta, que disputarão a Série B na próxima temporada.

O Moto Club acumula 11 participações na Copa do Brasil e já avançou à segunda fase em três oportunidades, sendo a última delas em 2015: depois de eliminar o Boa Esporte, o Rubro-Negro caiu diante da Ponte Preta. A presença mais recente do Moto na competição nacional foi em 2017, com eliminação na primeira fase após derrota por 1 a 0 para o São Paulo, no Estádio Castelão.

Já o Imperatriz, que está no Pote G, enfrentará uma equipe do Pote C, que conta com Luverdense, Juventude, CRB, Vila Nova, Londrina, Náutico, Oeste, Joinville, Boa Esporte e Brasil de Pelotas. Dessas equipes, apenas o Joinville não está entre as séries B e C do Brasileirão.

Em 2019, o Imperatriz disputará a Copa do Brasil pela quarta vez em sua história, em busca da inédita classificação para a segunda fase. O Cavalo de Aço disputou o torneio pela última vez em 2016 e foi eliminado pelo Fortaleza, após empate por 1 a 1 no Frei Epifânio e derrota por 2 a 0 na Arena Castelão.

Como estão abaixo de seus possíveis rivais no Ranking Nacional de Clubes da CBF, Moto Club e Imperatriz disputarão a primeira fase da Copa do Brasil diante de seus torcedores, mas seus rivais terão a vantagem do empate na partida decisiva. A segunda fase também será decidida em jogo único, mas com mando definido por sorteio e disputa de pênaltis em caso de igualdade nos 90 minutos.

Sampaio pega atalho, mas sem vida fácil

Por ter sido campeão da Copa do Nordeste em 2018, o Sampaio Corrêa “pulou” quatro fases e só entra na Copa do Brasil a partir das oitavas de final, que serão disputadas em duas partidas e terão sorteio de mando de campo. Mesmo sem a definição de todos os clubes classificados para as oitavas, a Bolívia Querida já sabe que terá um dos representantes brasileiros na próxima edição da Copa Libertadores em seu caminho.

Até agora, os possíveis rivais do Sampaio Corrêa na Copa do Brasil são: Palmeiras, Cruzeiro, Atlético Mineiro, Flamengo, Internacional, Grêmio e São Paulo. O oitavo time nesse pote será o Atlético Paranaense, caso conquiste a Copa Sul-Americana, ou o melhor ranqueado entre os demais classificados. O sorteio das oitavas de final só será realizado depois da definição dos cinco clubes classificados na quarta fase.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2018 - Todos os direitos reservados.