Campeonato Maranhense

Saldanha lamenta desatenção do Imperatriz, mas não joga a toalha: "tem volta"

Para ser campeão estadual, o Cavalo de Aço precisa derrotar o Moto Club por três gols de diferença
Gustavo Arruda / Imirante Esporte06/04/2018 às 02h05
Saldanha lamenta desatenção do Imperatriz, mas não joga a toalha: "tem volta"Vinícius Saldanha, técnico do Imperatriz. (De Jesus / O ESTADO)

SÃO LUÍS - Dono da melhor campanha geral do Campeonato Maranhense até as semifinais, o Imperatriz terá que tirar um coelho da cartola para conquistar o tão sonhado tricampeonato. No primeiro jogo da final do Estadual, disputado na noite desta quinta-feira (5), no Estádio Castelão, o Cavalo de Aço fez a sua pior atuação na competição e foi derrotado por 3 a 0 pelo Moto Club, que abriu uma grande vantagem para a segunda partida da decisão.

Em entrevista à rádio Mirante AM, o técnico Vinícius Saldanha criticou a falta de atenção do Imperatriz em alguns momentos do primeiro jogo da final, mas alertou que o título ainda não está decidido. Para Saldanha, o Cavalo de Aço tem totais condições de reverter a vantagem do Moto Club e faturar o título maranhense.

“Nós falamos na preleção que tinha de ter concentração total, em uma decisão dessas não pode errar tanto, são esses detalhes que fazem um time ser campeão ou não. Até os 45 minutos do primeiro tempo, tivemos nossas oportunidades, mesmo não jogando bem. O gol do Moto desequilibrou (o Imperatriz). Pagamos o preço de algumas situações, mas podia ser bem pior e não tem nada perdido. No outro jogo, tem volta”, avisou o treinador.

A segunda partida entre Imperatriz e Moto Club será disputada na noite deste domingo (8), às 18h30, no Estádio Frei Epifânio, com transmissão da rádio Mirante AM e cobertura completa do Imirante Esporte. Para conquistar o tricampeonato, o Cavalo de Aço precisa de uma vitória por três ou mais gols de diferença.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.