Jogos Pan-Americanos

Pan 2023: Maranhão ocuparia Top 15 do quadro de medalhas se fosse um país

Delegação maranhense conquistou sete medalhas no evento continental, sendo quatro de ouro.

Gustavo Arruda / Imirante Esporte

- Atualizada em 06/11/2023 às 23h27
A maranhense Ana Paula Rodrigues é tetracampeã dos Jogos Pan-Americanos. (Foto: Reprodução / Redes Sociais)

SANTIAGO (CHILE) - A histórica participação do Brasil nos Jogos Pan-Americanos de 2023, realizados em Santiago, no Chile, e encerrados no último domingo (5), contou com o grande desempenho dos atletas do Maranhão, que terminaram o evento continental com sete medalhas, sendo quatro ouros e três bronzes, levando em consideração os representantes em esportes coletivos. Se o Maranhão fosse um país no Pan 2023, garantiria a 13ª colocação no quadro de medalhas entre as 41 nações que competiram no evento continental, superando nações como Porto Rico, Uruguai, Panamá, Bolívia, Costa Rica, Paraguai e Jamaica.

Leia também:

Maranhenses têm campanha histórica nos Jogos Pan-Americanos de Santiago

Das quatro medalhas de ouro do Maranhão no Pan 2023, duas foram em modalidades individuais: Rayssa Leal foi a campeã no skate street, enquanto Bruno Lobo foi bicampeão no kitesurf. Nas disputas coletivas, Ana Paula Rodrigues ajudou a Seleção Feminina de handebol a sair com o tetracampeonato pan-americano, e o jovem Thiery faturou o ouro com o Brasil no vôlei masculino.

Além dos quatro títulos pan-americanos, o Maranhão também conquistou três medalhas de bronze, com destaque para Socorro Reis, atleta da fórmula kite feminina. Os outros dois bronzes vieram em disputas coletivas, com o cavaleiro Marlon Zanotelli, na disputa por equipes do hipismo de saltos, e Thalia Costa, no rugby sevens feminino.

No Pan de 2023, o Brasil registrou o seu recorde de títulos e pódios no evento continental. Foram 66 ouros, 73 pratas e 66 bronzes, que colocam a delegação verde e amarela na segunda colocação do quadro de medalhas do Pan 2023, atrás apenas dos Estados Unidos.

Medalhas do Maranhão no Pan 2023

OURO

- Rayssa Leal (Skate Street)

- Bruno Lobo (Kitesurf)

- Ana Paula Rodrigues (Handebol)

- Thiery (Vôlei)

BRONZE

- Marlon Zanotelli (Hipismo)

- Thalia (Rugby Sevens)

- Socorro Reis (Kitesurf)

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram, TikTok e canal no Whatsapp. Curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.