Campeonato Maranhense

Deylon faz avaliação positiva da participação do IAPE no primeiro turno do Estadual

O Canário da Ilha foi eliminado nas semifinais após derrota para o Maranhão Atlético.

Gustavo Arruda / Imirante Esporte

Deylon, meia do IAPE.
Deylon, meia do IAPE. (Iury Oliveira / IAPE FC / DFG Sports)

SÃO LUÍS - O IAPE lutou bastante, mas não conseguiu a tão sonhada classificação para a final do primeiro turno do Campeonato Maranhense. Em semifinal realizada no domingo (22), no Estádio Nhozinho Santos, o Canário da Ilha até abriu o placar diante do Maranhão Atlético, porém, teve que lidar em seguida com a expulsão do volante Xaxado e com a pressão do Quadricolor, que conseguiu a vitória de virada por 3 a 1 e avançou à decisão do turno.

Em entrevista à TV Mirante, o meia Deylon lamentou a derrota do IAPE para o Maranhão Atlético, mas valorizou a campanha do Canário da Ilha durante o primeiro turno do Campeonato Maranhense, com direito a uma classificação heroica na fase de grupos. Deylon também fez uma rápida crítica à arbitragem de Mayron Frederico dos Reis Novais e projetou a participação do IAPE no returno do Estadual.

"Foi um bom primeiro turno. Estávamos um pouco ansiosos com essa semifinal, mas a gente sabia que fez um bom trabalho. Saímos na frente do placar, poderíamos muito bem estar agora na final. Infelizmente, no meu ponto de vista, houve uma falta que o Mayron não deu, que interferiu bastante, mas vida que segue, vamos trabalhar mais ainda para o segundo turno", disse o meio-campista.

Fora da briga pelo título do primeiro turno do Campeonato Maranhense, o IAPE terá alguns dias de preparação até a estreia no returno, diante do São José de Ribamar. O Canário da Ilha enfrentará o Peixe-Pedra no dia 5 de fevereiro, às 15h30, no Estádio Castelão, com cobertura completa do Imirante Esporte e da rádio Mirante AM.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.