Liga de Basquete Feminino

Armadora argentina Melisa Gretter está de volta ao Sampaio Basquete para a LBF 2023

Após passagem relâmpago em 2020, a atleta de 29 anos retorna para ajudar o Tricolor em busca do tetracampeonato nacional.

Gustavo Arruda / Imirante Esporte

- Atualizada em 19/01/2023 às 21h04
Melisa Gretter defenderá o Sampaio Basquete na LBF 2023.
Melisa Gretter defenderá o Sampaio Basquete na LBF 2023. (Matheus Marques / Sampaio Basquete)

SÃO LUÍS - O Sampaio Basquete anunciou, na noite desta quinta-feira (19), mais uma contratação de peso para a Liga de Basquete Feminino (LBF) 2023. A armadora argentina Melisa Gretter, de 29 anos, que teve uma passagem relâmpago pela Bolívia Querida na temporada de 2020, está de volta ao Tricolor após três anos defendendo o Movistar Estudiantes, da Espanha.

Considerada uma das melhores armadoras da história da LBF e uma das principais atletas da seleção da Argentina, Melisa Gretter já disputou cinco temporadas da competição nacional e foi selecionada duas vezes para o Jogo das Estrelas, além de faturar dois títulos por Corinthians/Americana, em 2016/2017, e Vera Cruz Campinas, em 2018, sendo a MVP (jogadora mais valiosa) das Finais na ocasião.

Após o excelente desempenho nas equipes do interior de São Paulo, Melisa Gretter foi uma das principais aquisições do Sampaio Basquete para a temporada de 2020, porém, a armadora argentina disputou apenas um jogo pelo Tricolor, já que a competição foi cancelada devido à pandemia da Covid-19. A única partida de Gretter pelo Sampaio foi uma vitória por 76 a 46 sobre o SESI Araraquara, no dia 13 de março, em um Ginásio Costa Rodrigues sem público por causa das restrições sanitárias impostas pela pandemia: na ocasião, Meli fez três pontos, pegou cinco rebotes e distribuiu nove assistências em pouco mais de 32 minutos.

Melisa Gretter é a 10ª atleta confirmada no elenco do Sampaio Basquete para a LBF 2023. Em busca do quarto título nacional, o Tricolor também anunciou acerto com a armadora Alana Gonçalo, a ala-armadora Tainá Paixão, as alas Patty Teixeira e Brenda Bleidão, as alas-pivôs Gabi Guimarães, Emanuely de Oliveira e Mari Dias, e as pivôs Érika de Souza e Jenyff Moura. O técnico será o argentino Cristian Santander, campeão nacional pela Bolívia Querida em 2019.

A LBF 2023 tem início programado para o dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher, mantendo uma tradição que vem desde 2019. O Jogo das Estrelas, por sua vez, acontecerá em junho, após o final da fase de classificação, em local a ser definido, e o quinto jogo das Finais está previsto para o dia 27 de agosto.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.