Campeonato Maranhense

Moto Club arranca empate em clássico contra o Maranhão Atlético e garante vaga nas semifinais do primeiro turno

MAC confirmou a liderança do Grupo B, enquanto o Papão do Norte ficou na segunda posição da chave.

Gustavo Arruda / Imirante Esporte

- Atualizada em 18/01/2023 às 23h13
Lance do clássico entre Maranhão Atlético e Moto Club, no Estádio Nhozinho Santos.
Lance do clássico entre Maranhão Atlético e Moto Club, no Estádio Nhozinho Santos. (Thiago Limas)

SÃO LUÍS - Maranhão Atlético e Moto Club protagonizaram um clássico Maremoto repleto de emoções na noite desta quarta-feira (18), no Estádio Nhozinho Santos, pela terceira e última rodada da fase de grupos do primeiro turno do Campeonato Maranhense. Confirmado nas semifinais, determinado a manter os 100% de aproveitamento no Estadual e podendo garantir a queda precoce do rival, o MAC teve um bom início de jogo e abriu o placar, porém, o Moto reagiu no segundo tempo, buscou o empate por 1 a 1 e também garantiu a sua classificação.

Animado pela classificação antecipada para as semifinais do primeiro turno do Estadual com duas vitórias consecutivas, o Maranhão Atlético mostrou eficiência e abriu o placar ainda no primeiro tempo: após cobrança de escanteio de Jorge, aos 32 minutos, o zagueiro Leone apareceu sozinho na pequena área e cabeceou firme, sem chances para o goleiro Éder. Precisando do empate para avançar de fase, o Moto Club mudou a postura no decorrer da partida, foi mais agressivo e conseguiu o empate aos 10 minutos do segundo tempo, em cobrança de falta do atacante Enzzo, que contou com a colaboração do goleiro Moisés.

O empate no clássico Maremoto confirmou o Maranhão Atlético na liderança isolada do Grupo B no primeiro turno do Estadual, com sete pontos. O Quadricolor, entretanto, perdeu os 100% de aproveitamento na competição. Já o Moto Club, com cinco pontos, manteve a sua invencibilidade no Estadual e garantiu a segunda colocação do Grupo B, ultrapassando o Cordino, que chegou aos quatro pontos após vencer o São José de Ribamar na tarde desta quarta-feira, no Estádio Castelão.

Após o clássico no Nhozinho Santos, Maranhão Atlético e Moto Club voltam as suas atenções para as semifinais do primeiro turno do Campeonato Maranhense. Enquanto o Maranhão enfrenta o IAPE na tarde deste domingo (22), às 16h, no Estádio Nhozinho Santos, o Moto terá o Superclássico contra o Sampaio Corrêa na próxima quarta-feira (25), às 20h15, no Estádio Castelão. Os dois confrontos terão transmissão da rádio Mirante AM e cobertura completa do Imirante Esporte.

O jogo

Com pouco tempo de ação, o clássico Maremoto teve que ser paralisado no Nhozinho Santos, após o zagueiro Yago, do Moto Club, se machucar e ser transportado de ambulância para atendimento médico em um hospital de São Luís. Sem um veículo equipado para prestação de primeiros socorros, o jogo foi interrompido por quase 20 minutos, até a arbitragem ser informada que outra ambulância estava a caminho. Quando a bola voltou a rolar, Maranhão Atlético e Moto Club travaram uma disputa intensa no meio-campo, com as marcações anulando as jogadas de maior criatividade.

Sofrendo para encontrar espaços na defesa do Moto Club, o Maranhão Atlético só conseguiu furar o bloqueio aos 32 minutos: após Jorge cobrar escanteio na pequena área, o zagueiro Leone se antecipou aos marcadores e desviou de cabeça, no contrapé do goleiro Éder. No prejuízo, o Moto teve boas chances de empatar o clássico em cobrança de falta de Juninho Arcanjo, defendida por Moisés, e em uma cabeçada de Luís Felipe, que parou no travessão.

Na volta do intervalo, o Moto Club avançou suas linhas e foi para o "tudo ou nada" diante do Maranhão Atlético, já que a derrota decretaria a eliminação rubro-negra na fase de grupos do primeiro turno do Estadual. A iniciativa do Papão do Norte não demorou a dar resultado: Enzzo, aos 10 minutos, soltou o chute forte em cobrança de falta na entrada da área e contou com a falha do goleiro Moisés, que deixou a bola passar, para deixar tudo igual no Nhozinho Santos.

Com o placar necessário para se classificar, o Moto Club não quis saber de correr riscos e voltou para o campo de defesa, enquanto o Maranhão Atlético, que estava confirmando a liderança do Grupo B, tentava algumas jogadas ofensivas, mas sem desespero. Aos 37 minutos, o Quadricolor teve uma grande chance de conquistar a vitória com Pablo, que bateu firme da entrada da área, mas o goleiro Éder voou para fazer a defesa e confirmar o empate no clássico Maremoto.

FICHA TÉCNICA

MARANHÃO ATLÉTICO: Moisés; Franklin, Leone, Maicon e Gabriel; Cavi, Esquerdinha (Pablo) e Jorge (Alexandre); Danúbio (Rodriguinho), Fabrício e Rafael. Treinador: Zé Augusto

MOTO CLUB: Éder; Arlen, Yago (Serginho) (Leal), Luís Felipe e Maxwell (Rodriguinho); Fernando, Russo, Ronald e Juninho Arcanjo (Paulo Matheus); Enzzo (Pedrinho) e Johnny. Treinador: Wallace Lemos

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.