Futebol

Capitão do Sampaio Corrêa, Ferreira não renova contrato para 2023 e deixa o clube

Volante de 36 anos foi um dos destaques da Bolívia Querida nas últimas quatro temporadas.

Gustavo Arruda / Imirante Esporte

Ferreira conquistou dois títulos maranhenses como capitão do Sampaio Corrêa.
Ferreira conquistou dois títulos maranhenses como capitão do Sampaio Corrêa. (Ronald Felipe / Sampaio Corrêa FC)

SÃO LUÍS - Um dos principais jogadores do Sampaio Corrêa na última edição do Campeonato Brasileiro Série B não continuará no elenco tricolor em 2023, ano em que a Bolívia Querida completará 100 anos de fundação. Em seus perfis nas redes sociais, o Sampaio confirmou, neste domingo (13), que o volante e capitão Ferreira, de 36 anos, não renovou contrato para a próxima temporada e desejou sucesso ao atleta na sequência da carreira.

"Deixamos nossos agradecimentos ao atleta pelos serviços prestados à Bolívia Querida, clube onde o volante deixa seu nome marcado na história, com uma notória identificação com a camisa tricolor e total dedicação dentro e fora de campo", diz a nota publicada pelo Sampaio Corrêa, onde Ferreira conquistou dois títulos do Campeonato Maranhense.

Com larga experiência no futebol do interior de São Paulo e da Bolívia, país por onde passou pelo processo de naturalização, Ferreira chegou ao Sampaio Corrêa em 2019, após defender o Campinense, e disputou as últimas quatro temporadas pela Bolívia Querida, com uma rápida saída por empréstimo para o Atlético-PB em 2020. Com forte marcação, resistência física e qualidade no passe, o capitão se tornou um dos jogadores favoritos da torcida do Sampaio: na temporada de 2022, Ferreira defendeu a equipe maranhense em 51 partidas.

Até o momento, o Sampaio Corrêa conta com 14 atletas para a temporada de 2023, entre contratos renovados e atletas que já tinham um vínculo de maior duração: o goleiro Luiz Daniel, os zagueiros Joécio, Allan Godói e Pedro Carrerette, os laterais Mateusinho e Pará, os volantes Mauro Silva, Maurício e Wesley Dias, os meias Rafael Vila, Warley, Eloir e Nadson, e o atacante Pimentinha.

Na temporada de 2023, o Sampaio Corrêa terá calendário cheio, com participações em quatro competições: além de lutar pelo tetra do Campeonato Maranhense, a Bolívia Querida disputará a Copa do Brasil, a Copa do Nordeste e o Campeonato Brasileiro Série B.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.