Série D

Moto Club bate o Pacajus, encerra jejum como visitante e vira líder na Série D

Papão do Norte garantiu terceira vitória consecutiva na fase de grupos da Quarta Divisão.

Gustavo Arruda / Imirante Esporte

- Atualizada em 06/05/2022 às 22h13
O Moto Club derrotou o Pacajus no Estádio Ronaldão.
O Moto Club derrotou o Pacajus no Estádio Ronaldão. (Hiago Ferreira / Moto Club de São Luís)

PACAJUS - Embalado por duas vitórias consecutivas em casa no Campeonato Brasileiro Série D, o Moto Club encarou o Pacajus na noite desta sexta-feira (6), no Estádio Ronaldão, com o objetivo de conquistar seus primeiros pontos como visitante e permanecer no G4 do Grupo 2 da competição nacional. Com a confiança elevada, o Papão do Norte não se intimidou com a pressão do Índio do Vale, mostrou eficiência na bola parada, derrotou o representante cearense por 2 a 0 e assumiu temporariamente a liderança de sua chave na Quarta Divisão.

Depois de um início forte do Pacajus, o Moto Club dominou as ações no Estádio Ronaldão e teve uma grande chance de abrir o placar em cobrança de pênalti de Jair, que mandou a bola para fora. O lance, entretanto, não abateu o Papão do Norte, que conseguiu balançar as redes aos 36 minutos, com Enzzo aproveitando cobrança de escanteio de Ronald e cabeceando firme, sem chances para Jhones. Com a expulsão do meia-atacante Testinha, ainda no primeiro tempo, o Pacajus ficou em situação ainda mais difícil, e o Moto, com posse de bola e paciência, definiu o jogo aos 10 minutos do segundo tempo: após cobrança de falta de Ronald, Jair se redimiu do erro no pênalti e marcou o segundo gol rubro-negro com um desvio de cabeça.

Com a terceira vitória consecutiva na Série D, sendo a primeira fora de casa, o Moto Club chegou aos nove pontos e assumiu a liderança do Grupo 2, ultrapassando o Fluminense-PI, que tem dois pontos a menos que o Papão do Norte e ainda não jogou nesta rodada da Quarta Divisão. Já o Pacajus, com cinco pontos, permanece em terceiro lugar no Grupo 2 e depende de uma combinação de resultados para não deixar o G4.

Depois do triunfo no interior cearense, o Moto Club volta a jogar pela Série D na tarde do próximo sábado (14), a partir das 16h, diante do Tocantinópolis, no Estádio Ribeirão, em partida com cobertura completa do Imirante Esporte e transmissão da rádio Mirante AM. Também no dia 14, mas às 15h30, o Pacajus visita o Juventude Samas no Estádio Pinheirão, em São Mateus do Maranhão.

O jogo

Focado em fazer valer o fator casa, o Pacajus assustou o Moto Club logo no primeiro minuto de partida, com Daniel Passira fazendo bela jogada individual e chutando cruzado, para grande defesa de Rodrigo Carvalho. A resposta do Papão veio aos 10: após cobrança de escanteio de Cleitinho, Jhones se atrapalhou na tentativa de fazer a defesa e cometeu pênalti após derrubar Lucas Hulk na grande área. Na cobrança da penalidade, Jair bateu firme no canto direito, mas a bola foi para fora.

Animado com o pênalti perdido pelo Moto Club, o time do Pacajus avançou suas linhas e tentou pressionar a equipe rubro-negra. Testinha, aos 17 minutos, arriscou da entrada da área, e a bola passou por cima do gol. Pouco depois, aos 23, Mário Sérgio teve uma boa oportunidade pelo Moto, em chute cruzado que foi defendido por Jhones.

No momento em que o jogo ficou mais equilibrado, o Moto Club conseguiu abrir o placar no Ronaldão. Aos 36 minutos, Ronald cobrou escanteio, Enzzo subiu mais que a defesa do Pacajus e cabeceou firme para o gol. A situação ficou ainda mais favorável para o Papão do Norte após a expulsão de Testinha, que deu uma cotovelada no rosto de Carioca e deixou o Pacajus com um jogador a menos.

Moto mantém ritmo e confirma vitória sem maiores sustos

O começo do segundo tempo no Ronaldão foi truncado, com erros de passe e forte marcação das duas equipes, mas o Moto Club conseguiu se impor com a bola parada mais uma vez. Aos 10 minutos, Ronald cobrou falta na grande área, Jair cabeceou firme e anotou o segundo gol do Papão do Norte, se redimindo do pênalti perdido na primeira etapa de partida.

Com o completo domínio do jogo, o Moto Club diminuiu o ritmo, porém, continuou levando perigo ao gol do Pacajus. Carioca, aos 20 minutos, arriscou o chute da entrada da grande área, e Jhones, bem posicionado, fez a defesa pela equipe cearense. Já aos 22, Daniel Passira conseguiu passar pela marcação rubro-negra e arriscar o chute, que foi para fora.

Na reta final de confronto, com o Pacajus completamente entregue, o Moto Club acumulou chances perdidas no campo de ataque. Ronald, aos 37 minutos, puxou o contragolpe e chutou forte, com a bola batendo na rede pelo lado de fora. Pouco depois, aos 41, Caio Felipe avançou, bateu firme e acertou a trave de Jhones. Já aos 48, Dagson tentou a finalização por cobertura e quase marcou um belo gol no Ronaldão, porém, a chance perdida não diminuiu o brilho da grande vitória do Papão do Norte no interior cearense.

FICHA TÉCNICA

PACAJUS: Jhones; Felipe Alysson (João Victor), Igor Ribeiro, Marcelo Amaral e Rayro (Rodrigo Canindé); Jô (Edson Reis), Dedé, Claudivan (Jefferson) e Vinícius (Gordo); Testinha e Daniel Passira. Treinador: Oliveira Canindé

MOTO CLUB: Rodrigo Carvalho; Lucas Hulk, Luís Eduardo (Anderson Cearense), Dedé e Carioca; Jair (Bruno Henrique), Naílson, Ronald e Cleitinho (Ozeias); Enzzo (Dagson) e Mário Sérgio (Caio Felipe). Treinador: Júlio César Nunes

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.