Série B

Sampaio Corrêa sofre gol relâmpago e perde para o Vasco em São Januário

Tricolor tem boa atuação diante do Cruz-maltino, mas não consegue ser eficiente no ataque e encerra série invicta de cinco jogos.

Gustavo Arruda / Imirante Esporte

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h02
Vasco e Sampaio Corrêa se enfrentaram pela 10ª rodada da Série B.
Vasco e Sampaio Corrêa se enfrentaram pela 10ª rodada da Série B. (Rafael Ribeiro / CR Vasco da Gama)

RIO DE JANEIRO - Embalado por cinco jogos sem derrotas e três vitórias consecutivas no Campeonato Brasileiro Série B, o Sampaio Corrêa voltou a campo pela 10ª rodada da competição nacional na noite desta sexta-feira (9), para encarar o Vasco, no Estádio de São Januário, em um dos compromissos mais aguardados nesta edição da Segundona. Disposto a ampliar a série invicta e encostar nos líderes da Série B, o Sampaio lutou, teve um bom desempenho diante do tradicional rival, mas a eficiência pesou a favor dos donos da casa: com um gol no início da partida, o Vasco venceu por 1 a 0 e freou a boa fase tricolor na Segunda Divisão.

Com apenas um minuto de jogo em São Januário, o Vasco aproveitou um erro na saída de bola do Sampaio Corrêa e abriu o placar com Germán Cano, que interceptou passe de Luis Gustavo, tabelou com Léo Matos e chutou na saída de Mota. Atrás no placar, o Sampaio teve maior posse de bola durante toda a partida, pressionou o Vasco em vários momentos do confronto, mas não teve eficiência suficiente para furar a marcação cruz-maltina e ainda teve que se segurar em alguns avanços da equipe carioca no contra-ataque. O Tubarão até chegou a balançar as redes aos 31 minutos do segundo tempo, com Ciel, entretanto, a arbitragem assinalou impedimento do atacante tricolor e anulou o gol.

Mesmo com o tropeço em São Januário, o Sampaio Corrêa permanece na terceira posição da Série B, com 18 pontos ganhos em 10 partidas disputadas, atrás apenas do líder Náutico e do vice-líder Coritiba. O Vasco, por sua vez, chegou aos 16 pontos, subiu para a quinta colocação da Segundona e entrou de vez na briga pelo G4.

Os próximos jogos de Sampaio Corrêa e Vasco estão marcados para a noite desta terça-feira (13), às 21h30, pela 11ª rodada da Série B. Enquanto a Bolívia Querida encara o Vitória no Estádio Barradão, em Salvador, com transmissão da rádio Mirante AM e cobertura completa do Imirante Esporte, o Vasco visita o Coritiba no Estádio Couto Pereira, em confronto direto pelo G4 da Segundona.

O jogo

Antes que o cenário da partida se desenhasse em São Januário, o Vasco mostrou eficiência e abriu o placar diante do Sampaio Corrêa: com apenas um minuto de jogo, Germán Cano interceptou passe de Luis Gustavo no meio-campo, serviu Léo Matos na ponta-direita, recebeu de volta na grande área e bateu firme, sem chances para Mota. Mesmo em vantagem, o Cruz-maltino não recuou e teve mais uma oportunidade aos 14 minutos, com Galarza recebendo passe de Zeca e tentando a finalização, para defesa tranquila de Mota.

O gol relâmpago do Vasco não abateu o Sampaio Corrêa, que valorizou a posse de bola e tentou jogadas rápidas para furar a marcação cruz-maltina. Aos 18 minutos, Luis Gustavo arriscou o chute da entrada da área e obrigou Vanderlei a fazer grande defesa. Mesmo com o crescimento do Sampaio na partida, o Vasco continuou com as melhores chances: aos 28, Zeca puxou o contra-ataque e serviu Marquinhos Gabriel, que chutou forte e quase acertou o ângulo esquerdo de Mota. Já aos 29, Gabriel Pec cobrou escanteio, Léo Matos cabeceou firme e Zé Mário, em cima da linha, salvou a Bolívia Querida de sofrer o segundo gol.

Na reta final do primeiro tempo, o Sampaio Corrêa continuou trocando passes no campo de ataque, em busca de espaços na defesa do Vasco. Aos 31 minutos, Zé Mário cruzou para Jefinho, que tentou a finalização na grande área e foi travado por Leandro Castan. O Cruz-maltino, por sua vez, desperdiçou uma boa oportunidade aos 34, com Germán Cano chutando forte da entrada da área e Mota se esticando todo para espalmar a bola por cima do gol. O Sampaio ainda teve outra chance aos 38, com Jefinho, que ficou com a sobra de bola após cobrança de escanteio e finalizou mal, para fora.

Sampaio esboça pressão, mas Vasco se segura

Determinado a buscar o empate em São Januário, o Sampaio Corrêa manteve a pressão sobre o Vasco no começo do segundo tempo. Aos dois minutos, Zé Mário cobrou falta para a grande área, e Vanderlei afastou o perigo com um soco. Na sequência do lance, Ferreira recebeu a bola na entrada da área e tentou uma bicicleta, mas não conseguiu finalizar bem, e Vanderlei não teve maiores dificuldades para fazer a defesa.

Satisfeito com o placar e sentindo as dificuldades do Sampaio Corrêa no campo de ataque, o Vasco recuou suas linhas, apostando todas as suas fichas em um contragolpe certeiro. Enquanto isso, a Bolívia Querida pressionava, porém, sem maiores chances: em um dos raros momentos em que o Tricolor encaixou uma boa jogada, aos 31 minutos, Ciel recebeu na grande área e tocou por cima de Vanderlei, mas a arbitragem marcou impedimento do atacante do Sampaio.

Com dificuldade no último passe, o Sampaio Corrêa teve sua última grande chance para empatar o jogo aos 37 minutos: após bela jogada pela direita, Luis Gustavo deu um passe na medida para Jajá, que estava livre na grande área e pegou fraco na bola, facilitando a defesa de Vanderlei. O Vasco, por sua vez, quase ampliou o placar aos 49, após Riquelme passar por quatro marcadores tricolores, chutar colocado e quase acertar o ângulo direito de Mota. O lance, entretanto, não fez falta ao Cruz-maltino, que comemorou a vitória em casa e interrompeu a série invicta do Sampaio.

FICHA TÉCNICA

VASCO: Vanderlei; Léo Matos, Ernando, Leandro Castan e Zeca; Andrey, Galarza (Figueiredo), MT (Arthur Sales), Marquinhos Gabriel (Sarrafiore) e Gabriel Pec (Rômulo); Germán Cano (Riquelme). Treinador: Marcelo Cabo

SAMPAIO CORRÊA: Mota; Luis Gustavo, Joécio, Paulo Sérgio e Zé Mário (Felipinho); Mauro Silva, Ferreira (Romarinho) e Gui Campana (Daniel Costa); Pimentinha (Jajá), Jean Silva e Jefinho (Ciel). Treinador: Felipe Surian

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.