Segundinha Maranhense

Michel lamenta eliminação do Imperatriz nas semifinais da Segundinha

Cavalo de Aço terá que ficar mais uma temporada na divisão de acesso.

Gustavo Arruda / Imirante Esporte

Michel, lateral-direito do Imperatriz.
Michel, lateral-direito do Imperatriz. (Reprodução / TV Mirante)

IMPERATRIZ - O pesadelo do Imperatriz na Segundinha Maranhense vai durar mais um ano. Mesmo contando com o apoio da torcida no Estádio Frei Epifânio, o Cavalo de Aço ficou no empate por 1 a 1 diante do Chapadinha, em partida disputada na noite de quinta-feira (22), e foi eliminado nas semifinais da divisão de acesso, já que foi derrotado por 3 a 0 no primeiro jogo contra o Galo da Chapada, em São Luís.

Um dos atletas mais experientes do elenco do Imperatriz, o lateral-direito Michel lamentou a eliminação do Cavalo de Aço na Segundinha, pediu desculpas ao torcedor colorado e lembrou os problemas vividos pelo clube nas últimas temporadas.

"Infelizmente a gente perdeu por 3 a 0 lá em São Luís, sabíamos que era um placar muito difícil de reverter. A gente tentou, mas, infelizmente, não deu, parabéns ao Chapadinha, que fez dois grandes jogos e mereceu o acesso", afirmou Michel, em entrevista à TV Mirante.

Sem conseguir o retorno à elite do futebol maranhense, o Imperatriz aguarda uma definição sobre a Pré-Copa do Nordeste, que começa em janeiro: o Cavalo de Aço se classificou para a competição regional via Ranking de Clubes da CBF, após o Sampaio Corrêa sagrar-se campeão maranhense, mas a participação colorada está em risco por causa da redução no número de datas para a fase eliminatória do Nordestão, que pode diminuir também a quantidade de equipes participantes. Caso fique fora da Copa do Nordeste, o Imperatriz só volta a campo no segundo semestre de 2023, quando disputará novamente a Segundinha.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.