Copa Sul-Americana

Abel elogia desempenho do Vasco e valoriza vitória sem ter sido vazado

Em estreia na Copa Sul-Americana, o Cruz-maltino derrotou o Oriente Petrolero.
Imirante Esporte, com informações do CR Vasco da Gama06/02/2020 às 21h32
Abel elogia desempenho do Vasco e valoriza vitória sem ter sido vazadoAbel Braga, técnico do Vasco. (Rafael Ribeiro / CR Vasco da Gama)

RIO DE JANEIRO - O técnico Abel Braga gostou do que viu em São Januário na noite desta quarta-feira (5), na vitória do Vasco por 1 a 0 sobre o Oriente Petrolero, pela Copa Sul-Americana. O comandante viu uma evolução na equipe, ressaltou a força ofensiva na criação de oportunidades e lamentou as três bolas na trave, lembrando que poderia ter saído do jogo com uma vantagem maior.

No torneio internacional, o gol fora de casa é critério de desempate. No dia 19, no estádio Ramón Tahuichi, em Santa Cruz de la Sierra, o Vasco avança com vitória, empate ou derrota por um gol desde que marque pelo menos um gol.

"Tamanho (da vantagem) não é o que queríamos e também não foi o que produzimos. Três bolas na trave, mas é uma equipe (boliviana) chata. O mais importante da vitória, apesar que gostaríamos de ter feito mais um gol, é que não sofremos gols. Querendo ou não, um 2 a 1 é mais perigoso do que o 1 a 0. Vão ter que sair. Não sei se eles mudam a maneira de jogar. Já vinham, mesmo jogando em casa, passando do 4-1-4-1 para três zagueiros já de repente pensando no jogo de hoje. Criaram dificuldades na saída de bola, mas acho que, com nosso volume e oportunidades criadas, merecíamos um resultado melhor", analisou Abel.

Abel Braga ainda falou sobre a importância de voltar a vencer. O treinador afirmou que o triunfo na partida mais importante do ano até aqui tira o peso e da ansiedade do elenco. Ele também lembrou que o grupo vem treinando forte para conquistar bons resultados na sequência da temporada.

"Tira um pouco do peso de todos nós. Temos buscado, às vezes com ansiedade e desequilíbrio um pouco exagerado. Hoje você viu que ainda houve um pouquinho de ansiedade, mas foi um dos jogos em que mais criamos. Tivemos gols que nós falhamos que eram gols sem um grau de dificuldade muito grande, poderíamos ter conseguido um pouquinho mais, mas é assim que vamos sair do sufoco. É assim que vamos sair desse momento. Queira ou não foi numa vitória e agora é virar o foco novamente", disse o treinador.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.