Talento maranhense

Atacante maranhense Catarina Macario conquista títulos e se destaca nos Estados Unidos

Com apenas 20 anos, Catarina é a artilheira de Stanford e pensa em defender seleção norte-americana.
Gustavo Arruda / Imirante Esporte14/12/2019 às 19h15
Atacante maranhense Catarina Macario conquista títulos e se destaca nos Estados UnidosCatarina Macario, atacante maranhense do Stanford Cardinal. (Divulgação / Stanford)

STANFORD (ESTADOS UNIDOS) - Veloz, habilidosa, artilheira e maranhense. Com apenas 20 anos, a atacante Catarina Macario está fazendo história e conquistando títulos no futebol universitário dos Estados Unidos. Atleta do Stanford Cardinal, Catarina foi campeã pela segunda vez do torneio de futebol feminino da NCAA no último domingo (8), em final realizada no Avaya Stadium, em San Jose: após empate por 0 a 0 com North Carolina no tempo normal, Stanford venceu por 5 a 4 nos pênaltis, com a maranhense marcando um dos gols de sua equipe. Catarina já tinha conquistado o título universitário em 2017, quando disputou sua primeira temporada pelo Cardinal.

Nascida em São Luís, Catarina Macario começou a jogar futebol em terras maranhenses aos quatro anos, sempre enfrentando meninos. Após um período em Brasília, a atacante se mudou para os Estados Unidos aos 12 anos, com o pai e o irmão mais velho, enquanto a mãe, que trabalhava como médica, permaneceu no Brasil para apoiar financeiramente a família. "A principal razão pela qual viemos para cá foi para buscar um melhor estilo de vida. Estou aqui porque é a terra das oportunidades", afirmou Catarina, em entrevista ao site da Universidade de Stanford.

Depois de defender San Diego Surf e Torrey Pines Falcons no ensino médio dos Estados Unidos, Catarina Macario aceitou o convite para jogar em Stanford no futebol universitário em 2017. A atacante maranhense precisou de pouco tempo para se consolidar como uma das principais atletas do Cardinal e teve seu talento reconhecido com a conquista do Hermann Trophy, principal prêmio individual do futebol universitário, em 2018. Já em 2019, Catarina foi a artilheira da NCAA, com 19 gols em 15 jogos. "Talvez eu esteja exagerando, mas acho que nunca vi uma atacante tão completa no nível universitário", afirma Graham Hays, comentarista da ESPN.

O talento de Catarina Macario não passou despercebido pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que tentou recrutar a maranhense para defender a Seleção, mas a atacante está trabalhando no processo de naturalização, com o objetivo de atuar pelos Estados Unidos, onde já acumula convocações nas categorias sub-14, sub-15 e sub-23. Para Catarina, defender o time norte-americano é uma maneira de agradecer ao país que lhe deu a oportunidade de construir carreira no futebol.

"Os Estados Unidos são minha casa agora. Sempre haverá uma parte de mim que é brasileira, sempre manterei isso perto do meu coração, mas quero jogar pelo país em que me sinto mais em casa, mesmo que precise esperar", afirmou Catarina Macario.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.