Copa Sul-Americana

Santos não consegue virada, e River Plate (URU) avança à segunda fase

Com o empate no Pacaembu vazio, o Peixe se despediu da Copa Sul-Americana pelo critério do gol fora de casa.
Imirante Esporte, com informações do Santos FC26/02/2019 às 21h33
Santos não consegue virada, e River Plate (URU) avança à segunda faseO Santos empatou com o River Plate-URU e está fora da Sul-Americana. (Ivan Storti / Santos FC)

SÃO PAULO - Cumprindo punição e sendo obrigado a jogar sem a vital presença de seu torcedor, o Santos Futebol Clube recebeu a equipe do River Plate (URU) nesta terça-feira (26), no Pacaembu, pela partida de volta da primeira fase da Copa Sul-Americana de 2019. Diante de uma retaguarda muito bem montada pelo técnico Giordano, o Alvinegro Praiano teve dificuldades para criar suas jogadas, e, em um lance isolado, sofreu o gol que acabou sendo fatal para sua eliminação. Soteldo ainda descontou nos minutos finais, mas a regra do tento fora de casa beneficiou os uruguaios.

O jogo

Logo no começo da partida, Carlos Sánchez descolou boa oportunidade pela direita e cruzou para Derlis González, que chegou finalizando para a defesa do goleiro Olveira. Após a oportunidade inicial, a partida começou a ficar mais concentrada no meio de campo, com a defesa do River Plate fechada esperando uma brecha para atacar. Aos 23 minutos o Santos, com Jean Mota, encontrou Gustavo Henrique na área para cabecear, mas o zagueiro ficou no quase, com a bola tirando tinta da trave.

Os minutos iniciais da segunda etapa foram marcados por Mauro da Luz que, na única chance clara do adversário na partida, recebeu bela bola, avançou entre os marcadores e abriu o placar para seu time no Pacaembu. A partir deste lance, o Santos foi quem ficou com a bola praticamente o tempo inteiro. Felippe Cardoso, aos 23′, recebeu bom passe na entrada da área e chutou forte, mas o goleiro uruguaio ficou com ela. No minuto seguinte, Derlis encontrou Soteldo, mas no ato da finalização o venezuelano foi travado pela retaguarda do River.

Após muito toque de bola e chances travadas pelo adversário, o venezuelano Soteldo chegou a descontar para o Peixe perto dos minutos finais, mas a retranca da equipe uruguaia, muito bem postada desde o gol que abriu o placar, acabou minando as brechas que eventualmente surgissem para o alvinegro praiano decidir a seu favor.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.