Copa do Brasil

Vasco sofre, mas empata com a Juazeirense e se garante na segunda fase

Maxi Lopez, na reta final da partida, marcou o gol da classificação cruz-maltina.
Imirante Esporte, com informações do CR Vasco da Gama06/02/2019 às 23h11
Vasco sofre, mas empata com a Juazeirense e se garante na segunda faseJuazeirense e Vasco se enfrentaram no Estádio Adauto Moraes. (Rafael Ribeiro / CR Vasco da Gama)

JUAZEIRO - O Vasco empatou em 2 a 2 com o Juazeirense neste quarta-feira (6), no Estádio Adauto Moraes, e se classificou para a segunda fase da Copa do Brasil. Os gols do Cruz-maltino foram marcados por Yan Sasse e Maxi López. O próximo compromisso do Vasco será diante do Resende, neste domingo (10), às 17h, no Maracanã, em duelo válido pelas semifinais da Taça Guanabara.

A partida começou em alta velocidade. Em casa, o Juazeirense partiu para o ataque e aproveitou o fator gramado para criar duas boas chances, que pararam em Fernando Miguel. O Vasco se organizou rapidamente e criou boas oportunidades antes dos 10 minutos, com Marrony, Lucas Mineiro e Bruno César. Aos 12, Maxi López tentou o chute, foi travado e serviu Yan Sasse, que completou para as redes.

Após o gol do Vasco, o jogo acabou baixando o ritmo. O Vasco acalmou o jogo e foi criando algumas oportunidades, mas sem muito perigo. Aos 39, Bruno César serviu Yan Sasse, que dominou no bico da grande área e bateu cruzado, obrigando o goleiro Douglas a fazer ótima defesa.

A primeira boa chance no segundo tempo veio em tabela de Yan Sasse com Bruno César, logo aos 3 minutos. O camisa 20 bateu de direita e a bola acabou desviando na zaga e foi para escanteio. Aos 5, o Juazeirense empatou: 1 a 1. Aos 11, Werley tentou o gol após bate-rebate, mas novamente a bola desviou na zaga e saiu em escanteio. Na cobrança, Yan Sasse pegou a sobra e mandou por cima do gol. Aos 15, algumas torres de iluminação do estádio apagaram e a partida ficou parada por quase 26 minutos.

Aos 18, Maxi López recebeu em profundidade e bateu por cima do gol. Aos 30, o Juazeirense chegou após cobrança de lateral na área e o árbitro marcou pênalti, convertido pelo adversário: 2 a 1. O Vasco respondeu logo depois, com Pikachu, batendo cruzado. Aos 44, Marrony chapelou o zagueiro e foi derrubado dentro da área. Pênalti assinalado pela arbitragem que Maxi López cobrou com categoria para empatar: 2 a 2. Aos 51, Pikachu ainda teve uma chance, mas mandou por cima do gol.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.