Campeonato Paranaense

Atlético-PR vence Paraná no jogo de ida das quartas do Paranaense

O Atlético-PR leva a vantagem para o jogo de volta, no próximo sábado.
Gazeta Esportiva02/04/2017 às 18h13

O Atlético-PR se vingou a derrota para o Paraná na última rodada da fase classificatória ao vencer o clássico deste domingo por 1 a 0 na Arena da Baixada, com gol de Eduardo da Silva, nos acréscimos do primeiro tempo. Em um jogo bastante disputado, o time do técnico Paulo Autuori teve dificuldades, mas conseguiu superar o líder do Campeonato Paranaense, que teve Robson expulso aos 20 minutos da etapa complementar.

Com o resultado, o Atlético-PR leva a vantagem para o jogo de volta, no próximo sábado, no Durival de Britto. O Furacão se classifica à próxima fase do Estadual mesmo empatando com o Paraná. Para o Tricolor ir à semifinal, terá de vencer os rivais por um gols de diferença. Se levar um gol em casa, terá que conquistar um triunfo por dois ou mais gols em relação ao adversário.

O jogo

O clássico paranaense começou equilibrado. Com bastantes faltas no início do jogo e um cartão amarelo para cada lado (Paulo André e Robson) antes dos dez minutos, Atlético-PR e Paraná já davam uma amostra do que seria o jogo de ida das quartas de final do Campeonato Paranaense.

Bem postadas em campo, as duas equipes não permitiram muitas chances de perigo na primeira metade da etapa inicial. A primeira grande oportunidade de gol aconteceu somente aos 31 minutos, quando o meia Renatinho soltou uma bomba, contou com o desvio do zagueiro e mandou a bola rente à trave de Weverton.

Com a torcida rubro-negra pegando no pé de Crysan, que pouco acertou durante os primeiros 45 minutos, o técnico Paulo Autori colocou Felipe Gedoz para aquecer. Nos últimos minutos de jogo os donos da casa, enfim, acordaram e conseguiram levar mais perigo à meta dos rivais. Primeiros aos 47, com um grande chute de Matheus Rossetto, que obrigou Léo a fazer boa defesa. Já em seguida, pouco antes do juiz apitar o fim do primeiro tempo, Eduardo da Silva aproveitou o escanteio cobrado por Rossetto para completar para o gol e abrir o placar na Arena da Baixada.

Tentando correr atrás do prejuízo, o Paraná voltou para o segundo tempo mais agressivo. Logo aos 14 minutos Alex Santana chutou de longe, levando perigo à meta rubro-negra. Aos poucos os visitantes iam se aproximando do empate até Robson, aos 20 minutos, ser expulso por puxar a camisa de Lucho González.

Com um a mais em campo e a vantagem no placar, o Atlético-PR ficou muito mais confortável na partida e ciente de que tinha de ir para cima na tentativa de matar o jogo e chegar no Durival de Britto, no próximo sábado, muito próximo da vaga na semifinal.

Daí em diante só deu Atlético-PR. Concentrado em não levar mais gols, o que complicaria sua vida nas quartas de final, o Paraná se fechou e segurou o ímpeto dos rivais, que se jogaram no ataque, até o apito final do juiz.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2018 - Todos os direitos reservados.