Futebol

Pato anima companheiros com boa forma: “Que jogue o quanto antes”

A animosidade no elenco e a “falta de clima” para Alexandre Pato ficaram para trás.
Gazeta Esportiva15/07/2016 às 15h30

SÃO PAULO - Já integrado aos treinamentos diários e mostrando forma física impressionante para quem passou 40 dias de férias antes de voltar a trabalhar, o avante anima os companheiros com a possibilidade de jogar em breve. No que depender do elenco, aliás, o mais breve possível.

“É um jogador de qualidade, a gente sabe disso. Quando estiver na sua plena forma vai nos ajudar muito, então esperamos que ele esteja jogando o quanto antes. Mas aí é com o professor”, avaliou o lateral direito Fagner, um dos líderes do atual elenco.

A princípio, tanto o técnico Cristóvão Borges quanto o preparador físico, Fábio Mahseredjian, acreditavam que o jogador não teria a condição de aguentar um jogo por 90 minutos. A evolução e a boa performance nos treinamentos dessa semana, porém, deixaram aberta a possibilidade de ele ser ao menos relacionado para o Majestoso deste domingo, às 16h (de Brasília), no estádio de Itaquera.

A certeza sobre a presença de Pato e até sobre a equipe que vai entrar em campo, no entanto, só será dada após os trabalhos de sexta e sábado. Na quinta, por exemplo, o treinador deixou a imprensa observar apenas a parte final da atividade, quando Guilherme fazia a armação da equipe e Danilo ocupava a vaga de centroavante, relegando Luciano à condição de reserva. Giovanni Augusto, por sua vez, havia sido poupado.

“Tem mudança no time? (risos) Pô, eu não vou poder falar. Se o professor não liberou, não vou entregar. Fica difícil (risos)”, disse Fagner, já ciente da cartilha de trabalho de Cristóvão, fã de treinos sem a presença de repórteres para treinar algumas jogadas ensaiadas. Até o momento vem dando certo: são quatro vitórias em cinco jogos, com o Timão ocupando a vice-liderança do Campeonato Brasileiro.

“Temos um elenco qualificado, já conseguimos demonstrar isso. Lesões, cartão, quando sai um e entra outro, o padrão se mantém. Quem for jogar domingo vai estar preparado para fazer um bom papel”, continuou Fagner, pedindo para os companheiros continuarem concentrados na competição.

“A gente sabia que a nossa equipe tinha condição de ficar no bolo. A gente sempre falou que o importante era estar próximo dos líderes, não deixar desgarrar. Brasileiro, quando consegue quatro vitórias, te dá essa condição. Brasileiro premia regularidade, por isso estamos em cima na tabela”, concluiu.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.