Lembrança

Flamengo pega derrota contra Volta Redonda como lição para sábado

Um tropeço pode complicar a busca de uma vaga nas semifinais.
Gazeta Esportiva05/04/2016 às 16h36

RIO DE JANEIRO - O Flamengo segue a sua preparação para a partida do próximo sábado (9), às 16h (de Brasília), contra o Boavista no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ), pela penúltima rodada da Taça Guanabara, segunda fase do Campeonato Carioca. Como os dois times estão empatados com seis pontos conquistados e o Rubro-Negro trata o duelo como decisivo, já que um tropeço pode complicar a busca de uma vaga nas semifinais. Para facilitar as coisas os jogadores estão recorrendo a uma lembrança do passado recente a fim de não sofrerem com antigos problemas.

Na visão dos jogadores flamenguistas o time deve se lembrar do que aconteceu na derrota de 1 a 0 para o Volta Redonda, no dia 26 de março, quando os rubro-negros dominaram o duelo e acabaram levando um gol no fim.

“O Boavista vem com um time muito equilibrado e o que aconteceu contra o Volta Redonda tem que nos servir de lição. Não tenho a menor dúvida que vamos ter muitas dificuldades e por isso mesmo temos que seguir atacando o tempo inteiro, sem deixar o adversário respirar. Porém, é fundamental que isso venha acompanhado de um cuidado defensivo, pois em apenas uma bola eles podem definir a partida, que foi o que nos complicou diante do Volta Redonda. Precisamos demais do resultado positivo neste sábado e por isso mesmo não podemos cometer nenhum tipo de falha que venha a pesar contra o Flamengo”, analisou o zagueiro Wallace.

O lateral-direito Rodinei pensa de maneira parecida: “Sabemos que não vamos encontrar facilidade, pois o Boavista desde a primeira fase vem com um time muito certinho e não é à toa que está disputando a classificação para as semifinais. Se chegar não pode ser considerado surpresa e por isso mesmo que temos que nos doar muito em campo no sábado, reconhecendo que estamos diante de uma decisão. Se vencermos vamos deixar um rival importante para trás e podemos entrar na zona de classificação”.

O elenco do Flamengo realizou um treino de finalização nesta manhã de terça-feira (5), no Ninho do Urubu. O atacante peruano Paolo Guerrero, inclusive, protagonizou um duelo com o goleiro Paulo Victor e os dois foram os últimos a deixar o gramado. Os zagueiros Wallace e Juan e o meia Ederson não participaram da atividade e ficaram na academia reforçando a musculatura, em um trabalho especial para evitar lesões. Nesta quarta-feira o plantel volta a trabalhar na parte da manhã.

Fora de campo o lateral-esquerdo Jorge foi liberado do hospital no fim da noite dessa segunda-feira (4). O jogador passou por exames e nada sério foi constatado. Ele desmaiou no treino após sofrer uma pancada na face. Ao reclamar das dores na região o atleta perdeu os sentidos e foi encaminhado por uma ambulância ao hospital mais próximo ao Ninho do Urubu. O jogador não será problema para a partida de sábado.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.