Lamentável

Já sem água, Engenhão tem luz cortada por atraso em pagamentos

Débito com empresa fornecedora de energia chega a quase R$ 400 mil.
Gazeta Esportiva30/12/2015 às 15h18

SÃO PAULO - A situação do Estádio Nilton Santos está precária. Nesta terça-feira, a Light cortou o fornecimento de luz do Engenhão pelo atraso de dois meses no pagamento. O débito com a empresa fornecedora de energia chega a aproximadamente R$ 400 mil, e a ameaça de bloqueio acontecia desde o início de dezembro.

Além disso, a água está cortada no local há mais de um mês, devido às dívidas de mais de R$ 500 mil. Com isso, o estádio vinha utilizando caminhões pipa, mas, recentemente, o recurso parou de ser usado.

Com a falta de condições para o trabalho, os funcionários do Nilton Santos forma dispensados nesta terça-feira. A situação é semelhante à de 2014, quando, durante as obras, foi necessária a contratação de caminhões pipa para abastecimento.

O Botafogo afirma que não recebe as verbas da prefeitura carioca para a manutenção do Engenhão há dois meses. A partir de janeiro, o estádio ficará sob responsabilidade do governo para utilização do Comitê Olímpico Internacional visando aos Jogos Olímpicos de 2016.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.