Copa das Confederações

Thiago Silva revela convite para jogar no Barcelona

Gazeta Esportiva01/07/2013 às 14h04
Thiago Silva foi um dos destaques da Seleção Brasileira na Copa das Confederações. (Foto: Rafael Ribeiro / CBF)

RIO DE JANEIRO - Capitão do tetracampeonato do Brasil na Copa das Confederações, o zagueiro Thiago Silva provou que está com moral no futebol mundial. Neste domingo, após erguer a taça do torneio da Fifa, o defensor do Paris Saint-Germain admitiu que recebeu um convite para jogar no Barcelona. E o pedido veio do treinador da equipe catalã, Tito Vilanova.

De acordo com o brasileiro, a conversa com o técnico espanhol aconteceu após a segunda partida das quartas de final da Liga dos Campeões da Europa, quando o PSG foi eliminado pelo Barça depois de um empate por 1 a 1.

“Tito (Vilanova) é um excelente treinador, é um cara que admiro. Tive uma breve conversa com ele e me chamou para jogar no Barcelona. Não há nada sobre negociações, estou com minha cabeça tranquila e quero aproveitar minhas férias. No futebol nunca se sabe, mas estou feliz no PSG, falo diariamente com o presidente”, declarou Thiago antes de avisar: “É muito difícil que eu saia”.

Consagrado como um dos melhores zagueiros do mundo após o título deste domingo com a Seleção Brasileira, Thiago Silva é desejado pelo Barcelona há algum tempo. Quando o jogador saiu do Milan, o clube catalão chegou a demonstrar interesse por ele, mas não fez nenhuma proposta. Nesta temporada, no entanto, a situação é diferente.

Em renovação após a massacrante derrota por 7 a 0 no agregado das semifinais da Liga dos Campeões da Europa contra o Bayern de Munique, o Barça necessita de um zagueiro para fazer dupla com Piqué. Além de Puyol, que está com idade avançada e passa por problemas físicos, só o jovem Marc Bartra é zagueiro no elenco catalão. Por causa disso, jogadores como Mascherano, Adriano e Alex Song tiveram que ser improvisadas no miolo da defesa de Tito Vilanova na última temporada.

Com 28 anos e no auge de sua carreira, Thiago Silva é visto como o melhor zagueiro possível para reforçar o Barcelona. Apesar de qualificar a equipe de Messi e Neymar como “um time dos sonhos e a melhor equipe do mundo”, o brasileiro relembrou a sua transferência do Milan para o PSG, no ano passado, para reafirmar a dificuldade de sair da equipe francesa.

“É difícil, a diferença é que, no ano passado, o Milan queria me vender. Agora, o PSG não quer. É uma situação muito diferente. Espero que tudo se resolva o mais rápido possível, para que esta incerteza acabe”, explicou o zagueiro.

Para ler mais notícias do Imirante Esporte, clique em imirante.com/esporte. Também siga o Imirante no Twitter e curta nossa página no Facebook.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

Selo IVC
© 2019 - Todos os direitos reservados.