Fortaleza enterra o Santa Cruz no Arruda

Globoesporte.com 26/10/2006 às 00h14

RECIFE - No jogo de vida ou morte entre dois dos piores times do Brasileirão, o Fortaleza teve força para continuar respirando na UTI da competição. Em uma partida apática, venceu o Santa Cruz por 1 a 0, com gol de Finazzi.

Ao Tricolor pernambucano, resta torcer por um milagre. Na lanterna, o time está praticamente rebaixado à Segundona. O Fortaleza mantém o 17º lugar, mas ainda tem chance de escapar da degola.

Na próxima rodada, os dois times encaram os donos das maiores torcidas do Brasil. O Santa Cruz enfrenta o Flamengo no Maracanã, no dia 1º de novembro. Na mesma data, o Fortaleza recebe o Corinthians.

O Fortaleza começou mais à vontade na partida, mas não se pode dizer que nenhuma das torcidas tenha ficado muito animada com o que viu até a metade do primeiro tempo. Passes errados, bobeadas nas duas defesas e dois goleiros que valeram por um time inteiro na hora de segurar o placar.

Premiado pela persistência, o Leão saiu na frente com um gol suado aos 35 minutos. Lúcio tabelou com Finazzi e mandou a bola no canto esquerdo, mas ela caprichosamente bateu na trave. Sorte que o próprio Finazzi estava por perto para mandar a bomba.

Na volta do intervalo, o Santa se entregou. Para sua sorte, maior do que o buraco na zaga pernambucana, só mesmo a falta de pontaria do Leão. Precisando da vitória a qualquer custo, o time se deu ao luxo de desperdiçar chances imperdíveis. Tomados pelo desânimo, os jopgadores do Santa parecem já aceitar o caixão praticamente fechado rumo à Série B.

SANTA CRUZ 0 x 1 FORTALEZA

Local: Arruda, Recife (PE)

Árbitro: Lourival Dias Lima Filho (BA)

Assistentes: Alessandro Rocha (BA) e Adson Márcio Lopes Leal (BA)

Cartões amarelos: Reginaldo Araújo, Nenê, Sidraílson (Santa Cruz); Chicão, Alan (Fortaleza)

Cartão vermelho: Nenê

Gols: Finazzi, aos 35 do primeiro tempo

SANTA CRUZ

Anderson, Jameson, Sidraílson, Wilson Surubim e Reginaldo Araújo; Augusto Recife, Júnior Maranhão e Jorge Henrique; Nenê, Fabrício Ceará (Edson Araújo) e Márcio Mixirica (Bruno Lança).

Técnico: Fito Neves

FORTALEZA

Edson Bastos, Ivan, Alan, Emerson e Dude; Jorge Mutt (André Cunha), Chicão e Ramalho; Lúcio, Finazzi e Rinaldo.

Técnico: Roberval Davino

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2018 - Todos os direitos reservados.