Campeonato Brasileiro

Palmeiras empata com o Cruzeiro e confirma 12º título do Brasileirão

Verdão fecha maior virada da história dos pontos corridos com 70 pontos.

Imirante Esporte*

- Atualizada em 07/12/2023 às 02h13
O Palmeiras faturou o título do Campeonato Brasileiro de 2023.
O Palmeiras faturou o título do Campeonato Brasileiro de 2023. (Staff Images / CBF)

BELO HORIZONTE - O Palmeiras garantiu o 12º título do Campeonato Brasileiro de sua história, o segundo de forma consecutiva, após empatar em 1 a 1 com o Cruzeiro, na noite desta quarta-feira (6), no Mineirão. Endrick abriu o placar e Nikão empatou para os mandantes. Com o resultado, o Palmeiras encerrou a disputa com 70 pontos. Foram 20 vitórias e dez empates ao longo de 38 rodadas. A equipe teve o maior número de gols pró (64) da competição.

O time teve uma campanha de recuperação e deu uma arrancada na reta final do Brasileirão. Com um elenco de alto nível, comandado pelo técnico Abel Ferreira, o Palmeiras contou com a juventude e o talento do atacante Endrick para escalar o topo. A atuação brilhante do craque de 17 anos na virada por 4 a 3 sobre o Botafogo, pela 31ª rodada, pontuou a guinada da equipe.

Na verdade, o Palmeiras engrenou na competição três rodadas antes. Foi na 28ª, quando derrotou o Coritiba por 2 a 0 fora de casa. Na sequência, goleou o São Paulo por 5 a 0 e superou o Bahia por 1 a 0, ambos no Allianz Parque. Apagou assim uma série de quatro derrotas consecutivas (nas 24ª, 25ª, 26ª e 27ª rodadas).

Num curto período de oito edições do Brasileirão, esse é o quarto título do Palmeiras. Ganhou ano passado e em 2016 e 2018. O clube é o recordista dessas conquistas, com 12 ao todo.

O jogo

Mesmo atuando diante de um Cruzeiro sem mais nenhuma ambição no torneio nacional, o Palmeiras não encontrou facilidades. Após sofrer pressão nos momentos iniciais da partida, o Alviverde conseguiu abrir o placar aos 20 minutos em um momento de desatenção da defesa adversária. O volante Lucas Silva errou na intermediária e Endrick aproveitou para dominar e bater de cavadinha. O goleiro Rafael Cabral defendeu parcialmente e permitiu que o jovem atacante da equipe paulista mandasse para o fundo das redes.

A partir daí o Palmeiras passou a colecionar oportunidades de marcar. Porém o goleiro Weverton brilhou e conseguiu segurar a vantagem do Verdão até os 34 minutos da etapa final, quando Matheus Pereira tocou para Nikão, que bateu colocado para empatar o marcador pelo Cruzeiro.

*Com informações da CBF e da Agência Brasil.

Assista aos melhores momentos da partida no OneFootball:

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram, TikTok e canal no Whatsapp. Curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.