Copa Libertadores

Fluminense consegue virada épica sobre o Internacional e garante vaga na final da Libertadores

Tricolor decidirá título continental contra Palmeiras ou Boca Juniors.

Agência Brasil

- Atualizada em 05/10/2023 às 00h05
Cano comemora: o Fluminense derrotou o Internacional de virada no Beira-Rio.
Cano comemora: o Fluminense derrotou o Internacional de virada no Beira-Rio. (Marcelo Gonçalves / Fluminense FC)

PORTO ALEGRE - O Fluminense retorna a uma final de Copa Libertadores após um hiato de 15 anos. A classificação do Tricolor veio com uma vitória de virada de 2 a 1 sobre o Internacional, em pleno Beira-Rio, na noite desta quarta-feira (4). O adversário da equipe das Laranjeiras na grande decisão, que será realizada no dia 4 de novembro no Maracanã, será definido na próxima quinta-feira (5) na partida entre Palmeiras e Boca Juniors (Argentina).

Esta será a segunda oportunidade de o Fluminense jogar pelo inédito título da Libertadores, após ficar no quase ao ser superado pela LDU (Equador) em pleno estádio do Maracanã no ano de 2008.

O jogo

A jornada do Fluminense até a conquista da vaga na final não foi simples. Após empatar por 2 a 2 com o Internacional no jogo da ida, a equipe das Laranjeiras sofreu demais diante de um adversário empurrado por mais de 50 mil torcedores.

Confiante, o Internacional conseguiu abrir o placar cedo, aos 9 minutos do primeiro tempo, quando Alan Patrick cobrou escanteio na área, o goleiro Fábio falhou na saída e o zagueiro Mercado ficou livre para mandar de cabeça para o fundo do gol.

Em desvantagem no marcador o Fluminense passou a falhar muito, oferecendo novas chances para o Colorado ampliar, em especial com o atacante equatoriano Enner Valencia, que desperdiçou várias oportunidades claras de marcar.

Mas o Fluminense não desistiu e acreditou até o fim. De tanto tentar o Tricolor conseguiu igualar aos 35 minutos do segundo tempo, quando o argentino Germán Cano puxou contra-ataque e tocou em profundidade para John Kennedy, que finalizou com muita categoria para superar o goleiro Rochet.

Com a igualdade a equipe comandada pelo técnico Fernando Diniz se animou de vez e aproveitou os espaços que o Internacional passou a dar para alcançar a virada. Yony González recebeu a bola na ponta direita e rolou para John Kennedy, que só ajeitou para Cano marcar o seu 12º gol na competição e garantir a classificação do Fluminense para a decisão.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram, TikTok e canal no Whatsapp. Curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.