Copa do Mundo

Oito jogadores disputam primeira partida pelo Brasil em Copas do Mundo

Richarlison e Vinicius Junior, dois estreantes, foram decisivos para a vitória brasileira sobre a Sérvia.

Imirante Esporte, com informações da CBF

Estreante em Copas, Vinicius Junior teve grande atuação na vitória do Brasil sobre a Sérvia.
Estreante em Copas, Vinicius Junior teve grande atuação na vitória do Brasil sobre a Sérvia. (Lucas Figueiredo / CBF)

DOHA (CATAR) - Na vitória da Seleção Brasileira contra a Sérvia por 2 a 0, nesta quinta-feira (24), em Doha, no Catar, oito jogadores fizeram sua estreia com a Amarelinha em Copas do Mundo: Paquetá, Alex Sandro, Antony, Rodrygo, Martinelli, Raphinha, Vinícius Júnior e Richarlison. 

Nos onze titulares, Tite escalou Alex Sandro, Paquetá, Raphinha, Vinícius Júnior e Richarlison, que não sentiram a pressão da estreia e fizeram boa partida. O destaque do jogo foi Richarlison, que marcou os dois gols do Brasil, e Vini, que participou diretamente das duas jogadas.

Alex Sandro, Raphinha e Paquetá não ficaram atrás dos companheiros e também foram importantes durante o todo o tempo em que estiveram em campo, com boas construções de jogadas e protagonismo em lances de perigo.

Tite promoveu as entradas de Antony, Rodrygo e Martinelli no segundo tempo. O trio manteve o ritmo alto da partida e buscaram ampliar o placar. Foram 18 finalizações do Brasil na etapa complementar.

Na zona mista, após o duelo, Vini Jr comemorou sua estreia e ressaltou a importância de começar a Copa do Mundo do Catar com vitória.

"Muito feliz com a minha estreia, com vitória e com o pé direito. Não tem coisa melhor! Esperei 22 anos para chegar aqui, com muito suor, muito trabalho e fico feliz de, no primeiro jogo, poder ajudar a equipe a sair com a vitória. A caminhada é longa, são sete finais e já vencemos a primeira”, celebrou.

O lateral-esquerdo Alex Sandro quase abriu o placar no segundo tempo, em chute de fora da área que bateu na trave. Ele falou de sua dedicação e do apoio de colegas da posição para estar na lista para o Catar.

"Se eu estou aqui é porque eu lutei lá atrás. Tive ajuda de vários companheiros, do Filipe e do Marcelo, que me ajudaram muito. Em 2018, fui muito bem representado pelos dois, mas agora chegou a minha hora. Estou fazendo e vou fazer de tudo para poder fazer o meu melhor", destacou Alex Sandro.

Dos 26 convocados por Tite para a Copa do Mundo do Catar, 16 atletas estão disputando a competição pela primeira vez.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.