Zebra

Argentina leva virada da Arábia Saudita e estreia com derrota na Copa

Nesta terça-feira (22), a seleção argentina perdeu por 2 a 1 para a Arábia Saudita, de virada, no Estádio Lusail.

Gazetapress

- Atualizada em 22/11/2022 às 12h29
Jogadores da Arábia Saudita celebram gol na vitória
Jogadores da Arábia Saudita celebram gol na vitória (Reprodução / Twitter da FIFA)

SÃO PAULO - A Argentina foi surpreendida na estreia da Copa do Mundo do Catar. Nesta terça-feira, a seleção argentina perdeu por 2 a 1 para a Arábia Saudita, de virada, no Estádio Lusail.

A Albiceleste parecia que iria ter tranquilidade na partida, já que, com apenas nove minutos, Messi colocou os sul-americanos na frente. No segundo tempo, entretanto, os árabes surpreenderam e buscaram a virada, com gols de Al-Shehri e Salem Al-Dawsari. No fim, o time do técnico Scaloni ainda tentou apertar, mas não foi o suficiente para evitar o revés.

Com o resultado, os argentinos estão na lanterna da chave C do Mundial, com zero pontos. A Arábia Saudita, por sua vez, está na liderança, com três. O grupo ainda conta com México e Polônia, que se enfrentam às 13 horas (de Brasília), no Estádio 974.

A Argentina volta a campo agora no sábado, às 16 horas, quando encara o México, novamente no Estádio Lusail. No mesmo dia, mas às 10 horas, a Arábia Saudita enfrenta a Polônia, no Estádio da Cidade da Educação.

O jogo - Embalada pelo bom número de torcedores na arquibancada, os argentinos iniciaram o primeiro tempo com tudo. Com apenas um minuto, Lionel Messi aproveitou a sobra na entrada da área e bateu rasteiro, com força. Atento, Al-Owais fez grande defesa.

Aos sete, o camisa 10 cobrou escanteio para a área e viu Paredes ser derrubado. Após ser chamado para revisar o lance no VAR, o árbitro marcou pênalti. Messi, então, assumiu a responsabilidade e, com categoria, abriu o placar.

Mesmo com a vantagem, a Argentina seguiu em cima. Os hermanos chegaram a balançar as redes mais três vezes, duas com Lautaro Martínez e outra com Messi. Contudo, todos os tentos foram anulados por impedimento.

Já aos 41, Rodrigo de Paul teve uma chance clara de ampliar. Após cobrança de falta, a bola ficou na medida para o volante, na entrada da área. O camisa 7, porém, finalizou mal e isolou.

2º tempo

E os gols desperdiçados na etapa inicial acabaram fazendo falta. Isso porque, na volta do intervalo, a Arábia Saudita acordou. Após Messi perder a bola no meio de campo, Al-Shehri foi lançado em profundidade, passou por Romero e bateu cruzado para deixar tudo igual.

E não demorou para sair a virada. Com sete minutos, Salem Al-Dawsari pegou a sobra na ponta esquerda, cortou a marcação e finalizou no ângulo, anotando um golaço no Estádio Lusail.

Em desvantagem, a Argentina se lançou para o ataque. Aos 17, Lisandro Martínez recebeu cruzamento na área e finalizou firme. Na pequena área, Tagliafico desviou e viu Al-Owais fazer um milagre.

Dez minutos depois, Di Maria foi acionado por Messi na ponta direita e arrematou para mais uma intervenção do goleiro. Aos 35, foi a vez de Messi tentar. Em cobrança de falta da intermediária, o camisa 10 exagerou na força e mandou por cima.

Na sequência, Di Maria cruzou pela direita e Messi tentou de cabeça. Bem posicionado, Al-Owais agarrou sem grandes problemas. Já aos 45, De Paul lançou na área, Otamendi dividiu com o goleiro no alto e a bola sobre para Álvarez, que tentou o chute. Em cima da linha, afastou Al-Amri de cabeça.

Nos acréscimos, a Argentina seguiu pressionando, mas nada foi suficiente para evitar a surpreendente derrota para a Arábia Saudita na estreia da Copa do Mundo de 2022.

FICHA TÉCNICA
ARGENTINA 1 X 2 ARÁBIA SAUDITA

Local: Estádio Lusail, em Lusail (QAT)
Data: dia 22 de novembro de 2022, terça-feira
Horário: às 7h (de Brasília)
Árbitro: Slavko Vincic (SVN)
Assistentes: Tomaz Klancnik (SVN) e Andraz Kovacic (SVN)
VAR: Pol van Boekel (HOL)
Cartões amarelos: Al-Malki, Al-Bulayhi, Salem Al-Dawsari, Al-Abid, Al-Owais (Arábia Saudita)

GOLS: Messi, aos 9 do 1ºT (Argentina); Al-Shehri, aos 2 do 2ºT, Salem Al-Dawsari, aos 7 do 2ºT (Arábia Saudita)

ARGENTINA: Emiliano Martínez; Nahuel Molina, Romero (Lisandro Martínez), Otamendi e Tagliafico (Acuña); Paredes (Enzo Fernández), De Paul e Papu Gómez (Julián Álvarez); Messi, Di María e Lautaro Martínez.
Técnico: Lionel Scaloni

ARÁBIA SAUDITA: Al-Owais; Abdulhamid, Al-Tambakti, Al-Bulayhi e Al-Shahrani (Al-Burayk); Kanno, Al-Malki e Al-Faraj (Al-Abid (Al-Amri)), Salem Al-Dawsari, Al-Brikan (Asiri) e Al-Shehri (Al-Ghanam).
Técnico: Hervé Renard


 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.