Campeonato Brasileiro

Athletico-PR derrota o Botafogo e se garante no G6 do Brasileirão

Furacão se classificou para a fase de grupos da Libertadores; Glorioso disputará a Copa Sul-Americana.

Gazetapress

Athletico e Botafogo se enfrentaram na Arena da Baixada.
Athletico e Botafogo se enfrentaram na Arena da Baixada. (Vítor Silva / Botafogo FR)

CURITIBA - O Botafogo foi derrotado por 3 a 0 pelo Athletico-PR, neste domingo, na Arena da Baixada. Com o resultado, os alvinegros terminaram o Campeonato Brasileiro com 53 pontos e ficaram na zona de classificação para a Sul-Americana. Já os paranaenses avançaram para a Fase de Grupos da Libertadores, com 58.

O Athletico foi melhor durante grande parte dos 90 minutos. Os gols da partida aconteceram no segundo tempo. Adryelson, contra, Vitor Roque e Erick garantiram a vitória da equipe em casa.

O jogo

O Athletico começou melhor e assustou aos três minutos. Vitinho foi na linha de fundo e cruzou rasteiro, mas Marçal apareceu para salvar o Botafogo. Os donos da casa seguiram com a postura ofensiva e rondava a área alvinegra. O Botafogo não conseguia avançar com qualidade ao ataque. O Athletico só teve grande chance de marcar aos 33 minutos, quando Terans fez grande jogada e acertou a trave.

O panorama da partida seguiu igual nos minutos finais. O Athletico permaneceu melhor e teve nova chance com Terans. No entanto, o meia finalizou na rede pelo lado de fora. Assim, o duelo seguiu igual até o intervalo.

No segundo tempo, o Botafogo até tentou equilibrar as ações, mas viu o Athletico abrir o placar aos seis minutos. Após cobrança de escanteio, Erick subiu sozinho e cabeceou para o gol. Lucas Perri chegou a defender, mas a bola bateu em Adryelson e foi para a rede.

O Botafogo foi obrigado a avançar e quase empatou aos dez minutos. Jeffinho foi lançado na área, mas chutou muito mal. No minuto seguinte, o Athletico chegou a balançar a rede, mas o gol foi anulado por impedimento no lance. Depois, Lucas Perri salvou os visitantes após cabeceio de Alex Santana.

De tanto insistir, o Athletico marcou o segundo aos 16 minutos. Após bate e rebate, a bola sobrou para Vitor Roque, que mandou para a rede.

Somente depois disso, o Botafogo conseguiu avançar com qualidade. Os cariocas quase marcaram aos 31 minutos, com Adryelson. No entanto, Bento fez grande defesa para salvar os donos da casa.

Na parte final, o Athletico quase ampliou com Canobbio, que parou duas vezes em Lucas Perri. O Botafogo tinha mais posse de bola, mas abusou os erros. Os cariocas ainda viram Erick ampliar nos acréscimos para dar números finais na Arena da Baixada.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.