Campeonato Brasileiro

Internacional bate o Santos no Beira-Rio e reassume vice-liderança

Colorado chegou aos 53 pontos no Brasileirão; Peixe está na 10ª colocação.

Gazetapress

Jogando em casa, o Internacional derrotou o Santos.
Jogando em casa, o Internacional derrotou o Santos. (Ricardo Duarte / SC Internacional)

PORTO ALEGRE - O Internacional venceu o Santos por 1 a 0 na tarde deste sábado, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Beira-Rio. O gol do Colorado foi marcado por Carlos de Pena, ainda na primeira etapa.

O Santos do interino Orlando Ribeiro não repetiu o nível de atuação da vitória por 2 a 0 contra o Athletico-PR, na terça-feira. A equipe teve poucas chances de gol e ainda se viu exposta defensivamente em grande parte do tempo.

Com o resultado, o Santos ficou na 10º colocação do Campeonato Brasileiro, com 37 pontos conquistados. O Internacional, por sua vez, subiu para a segunda colocação, com 53.

O próximo jogo do Peixe será contra o Atlético-MG, na quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), na Vila Belmiro. O Internacional enfrentará o Flamengo, no Maracanã, no mesmo dia e horário.

O jogo

O Internacional foi superior durante toda primeira etapa. Logo aos dois minutos de jogo, o Inter abriu placar com o zagueiro Rodrigo Moledo, em bola levantada na área. Porém, o VAR revisou o lance e assinalou impedimento.

Aos 10 minutos, o Santos respondeu com Ângelo, que atraiu a marcação do Inter pela direita e acionou Luan, livre, por dentro. O camisa 20 chutou com pouca direção nas mãos do goleiro Keiller.

Em seguida, o Internacional quase abriu o placar com o lateral-direito Bustos, que aproveitou rebote após dividida na área e chutou com força, por cima da meta de João Paulo.

O gol colorado saiu aos 23 minutos, com Carlos de Pena. Maurício e Bustos tabelaram pelo lado direito, o lateral cruzou de forma rasteira para a conclusão do uruguaio, sem chances para João Paulo.

Aos 40 Minutos, Ângelo conduziu pela direita, cortou para dentro e finalizou de fora da área para grande defesa de Keiller, na melhor oportunidade do Santos etapa inicial.

Pouco antes do intervalo, o Internacional teve uma grande chance de ampliar. Maurício apareceu pela esquerda, cruzou no chão para Bustos, que sozinho, finalizou por cima.

O Santos não conseguiu cuidar da posse de bola e teve dificuldade para proteger sua área. O time ficou exposto e não encontrou respostas contra o intenso time de Mano Menezes.

O cenário do segundo tempo mudou, com o Santos buscando ter as ações com o domínio da posse de bola contra um Inter com linhas recuadas, esperando no seu próprio campo.

Porém, o Peixe não conseguiu converter a posse em chances criadas. Apesar de rodar a área do Inter, a equipe comandada por Orlando Ribeiro encontrou problemas para finalizar suas jogadas.

Aos 19 minutos, o Internacional assustou com o meia Alan Patrick, que aproveitou cruzamento rasteiro para finalizar com perigo, perto da meta de João Paulo.

No minuto 31, Nathan, lateral-direito do Santos, arriscou finalização de fora da área, que passou perto do gol de Keiller.

Aos 36, Braian Romero saiu na cara de João Paulo, mas finalizou em cima do goleiro santista. Por pouco o Colorado não ampliou o placar no Beira-Rio.

Orlando Ribeiro ainda tentou dar um novo gás para a equipe do Santos com substituições ofensivas, mas o Peixe não respondeu em campo e não teve forças para buscar o empate no estádio do Internacional.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.