Campeonato Brasileiro

Palmeiras vence o Atlético-MG e amplia vantagem na liderança

Alviverde chegou aos 60 pontos, enquanto o Galo ocupa a sétima colocação.

Gazetapress

Líder do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras derrotou o Atlético-MG no Mineirão.
Líder do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras derrotou o Atlético-MG no Mineirão. (Cesar Greco / Agência Palmeiras)

BELO HORIZONTE - Desfalcado de sete jogadores além do técnico Abel Ferreira, o Palmeiras visitou o Atlético-MG, na noite desta quarta-feira, e venceu por 1 a 0, no Mineirão. Em duelo válido pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Verdão superou o adversário com gol do zagueiro Murilo.

Com o resultado, o Palmeiras chega aos 60 pontos e ainda amplia a vantagem na liderança do Brasileirão, já que o Internacional ficou apenas no empate com o Red Bull Bragantino. Assim, a distância para o novo vice-líder, Fluminense, volta a ser de nove pontos. Já o Galo estaciona na sétima colocação com 40 pontos.

As equipes voltam a campo em dias diferentes pela 29ª rodada. No sábado, às 15 horas (de Brasília), o Atlético-MG permanece no Mineirão, onde recebe o Fluminense. Já o Palmeiras joga apenas na segunda-feira, às 20 horas (de Brasília), quando visita o Botafogo no Nilton Santos.

O jogo

O Atlético-MG começou em ritmo forte no ataque nos primeiros minutos. Logo aos cinco minutos, Hulk driblou Hulk dentro da área e bateu firme para boa defesa de Marcelo Lomba. No minuto seguinte, Dodô teve boa oportunidade para abrir o placar, mas finalizou por cima. Pouco depois, aos 13, foi a vez de Keno chegar com perigo com finalização de fora da área que carimbou a trave.

Aos poucos, o Palmeiras conseguiu vencer duelos no meio de campo e equilibrar o jogo, mas não conseguia chegar com perigo na área adversária. Assim, o Galo voltou a assustar aos 24 minutos, quando Hulk bateu com veneno e acertou o travessão. Já aos 37, Keno teve nova chance para marcar, ao aparecer nas costas da zaga, mas mandou para fora.

Nos minutos finais, quem cresceu e ficou perto de abrir o placar foi o Verdão. Por pouco, Dudu não marcou ao receber cruzamento rasteiro de Mayke, aos 38. Pouco depois, aos 43, o camisa 7 finalizou da entrada da área e carimbou a trave. Já aos 46, a rede até chegou a balançar com Kuscevic, mas a arbitragem pegou impedimento do chileno ao receber o passe de Luan.

Depois do intervalo, o Galo voltou com Ademir na vaga do lateral-esquerdo Dodô, mas quem aproveitou a sua primeira oportunidade e abriu o placar foi o Palmeiras, aos cinco minutos. Depois de jogada ensaiada de escanteio, Murilo aproveitou o chute cruzado de Gustavo Scarpa e empurrou para o fundo do gol para colocar o Verdão em vantagem.

Após o gol palmeirense, o duelo ficou aberto nos minutos seguintes, com campo aberto para contra-ataque pelos dois lados. Gustavo Scarpa teve duas oportunidades, mas foi bloqueado na finalização em ambas.

O ritmo ainda era quente até que, aos 20 minutos, os torcedores do Atlético-MG acenderam sinalizadores nas arquibancadas do Mineirão, o que causou a paralisação da partida por cerca de cinco minutos.

Quando a bola voltou a rolar, o Atlético-MG assumiu o controle das principais ações ofensivas, mas não conseguiu transformar o volume em boas oportunidades. A defesa palmeirense conseguiu manter-se sólida, e aposta era nos contra-ataques. Aos 42, Breno Lopes até chegou a marcar, mas o lance foi anulado por falta na origem da jogada.

Com nove minutos de acréscimo, o Atlético-MG teve tempo para buscar o empate, mas seguiu com dificuldade de furar o sistema defensivo do Verdão. Assim, o Palmeiras conseguiu segurar a vitória até o apito final do árbitro no Mineirão.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.