Copa do Brasil

Fluminense bate o Vila Nova e garante vaga nas oitavas de final

Tricolor derrotou equipe goiana no Serra Dourada.

Imirante Esporte, com informações da CBF

O Fluminense venceu o Vila Nova na Copa do Brasil.
O Fluminense venceu o Vila Nova na Copa do Brasil. (Heber Gomes / AGIF)

GOIÂNIA - O Tricolor segue firme na disputa pela Copa do Brasil! Depois de vencer o jogo de ida da terceira fase por 3 a 2, o Fluminense visitou o Vila Nova no Serra Dourada, na noite desta quarta-feira (11), e voltou a vencer o Tigre dessa vez por 2 a 0. 

O jogo
 

O duelo decisivo começou em ritmo intenso. Com menos de um minuto de jogo, o Flu por pouco não abriu o placar com Germán Cano, o atacante recebeu passe açucarado de Luiz Henrique, mas pegou mal na bola e mandou para fora. Na sequência, o time da casa respondeu em chute colocado de Matheuzinho.

De volta ao ataque, o Tricolor teve mais uma chance com Cano, que dessa vez não desperdiçou. Após cobrança de escanteio, Nino fez o desvio para a segunda trave e o argentino testou bonito para fazer 1 a 0, aos nove minutos. 

Precisando do resultado, o Vila Nova tomou as rédeas do confronto e acumulou oportunidades. Matheuzinho tentou mais uma de fora da área, aos 25. Um minuto depois, Ralf pegou uma sobra dentro da área, bateu cruzado e viu a bola passar na frente da meta adversária sem ninguém para completar.

Mais tarde, Victor Andrade também arriscou o arremate de média distância. Enquanto de novo Ralf e Pablo Dyego chegaram pelo alto. Na última chance do Tigre no primeiro tempo, Alex Silva parou em Fábio. 

Depois do intervalo, a partida recomeçou mais uma vez em ritmo acelerado e ganhou em equilíbrio. Antes dos dez minutos, Arthur Rezende e Matheuzinho assustaram para o Vila. O primeiro parou em mais uma defesa do arqueiro tricolor e o segundo errou o alvo. Do lado do Flu, Cano, Nathan e Yago Felipe também chegaram com perigo.

Mas foi com Luiz Henrique que os visitantes ampliaram a contagem. Em jogada bem trabalhada no ataque, Yago recebeu de Nathan e tocou para Pineida fazer o cruzamento certeiro para o camisa 11 mergulhar e de peixinho estufar as redes, aos 21. O Tigre tentou responder com Pablo e Pablo Dyego, mas nos minutos seguintes o duelo desacelerou e o Fluminense não teve problemas para segurar o resultado. 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.