(Divulgação)

COLUNA

Pergentino Holanda
O colunista aborda em sua página diária os acontecimentos sociais do Maranhão e traz, também, notícias sobre outros estados e países, incluindo informações das áreas econômica e política.
Pergentino Holanda

Pergentino Holanda: Posse no Convento

E mais: Exposição e livro de Meireles Jr.

PH

Luís Augusto Guterres e Júlio Moreira Gomes Filho
Luís Augusto Guterres e Júlio Moreira Gomes Filho

Os confrades Luís Augusto Guterres e Júlio Moreira Gomes Filho, este último presidente da Academia Maranhense de Letras Jurídicas (AMLJ), estão às voltas com a solenidade de posse da mais nova acadêmica da Casa Clodomir Cardoso, que acontece no dia 7 de dezembro, no Convento das Mercês.

 --------------------------------------------

Posse no Convento

Sob o comando do atual presidente, o advogado Júlio Moreira Gomes Filho e do acadêmico Luís Augusto Guterres, a AMLJ realiza, na próxima quinta-feira (7), às 18h30, a Sessão Solene de Posse de sua mais nova integrante: a desembargadora Sônia Maria Amaral Fernandes Ribeiro (TJMA), eleita para ocupar a cadeira de número 20, patroneada por Godofredo Mendes Viana.

A recepção solene à nova acadêmica será feita pelo acadêmico Carlos Sebastião Nina Silva, no evento que terá como palco o salão “Casa de Portugal”, no Convento das Mercês.

Posse no Convento...2

Fundada em fevereiro de 1986, a AMLJ é filiada à Academia Brasileira de Letras Jurídicas e composta por 40 membros efetivos, sempre juristas de relevante contribuição literária e profissional. E funciona na sede da OAB – MA, no Calhau.

Sua mais nova integrante, a desembargadora Sônia Amaral, é detentora de uma brilhante trajetória profissional e acadêmica.

Graduada em Direito pela Universidade Federal do Maranhão, tem pós-graduação no Curso Preparatório da Magistratura pela Escola Superior da Magistratura - ESMAM, Especialização em Magistério Superior (UniCeuma), Mestrado em Políticas Públicas (UFMA) e Mestrado em Ciências Jurídicas (Faculdade de Direito pela Universidade Clássica de Lisboa - FDUL) e em 2016 participou do International Judicial Research and Training Program da Universidade de Frankfurt (Alemanha).

A desembargadora Sônia Maria Amaral Fernandes Ribeiro (TJMA), que irá ocupar a cadeira de N.20 da AMLJ, que pertenceu ao ilustre Godofredo Mendes Viana
A desembargadora Sônia Maria Amaral Fernandes Ribeiro (TJMA), que irá ocupar a cadeira de N.20 da AMLJ, que pertenceu ao ilustre Godofredo Mendes Viana

Posse no Convento...3

Em 2022 Sônia Amaral foi empossada como desembargadora do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA). Entre outras funções já exercidas, foi advogada da Assembleia Legislativa do Estado (1984/1989), juíza de Direito do Maranhão (admitida em 1989), professora da disciplina de Juizado Especial Cível e Processo Penal da Escola Superior da Magistratura - ESMAM (admitida no ano de 2000), professora de Processo de Execução Cível da Faculdade Santa Terezinha - CEST.

É detentora de prêmios e títulos importantes. Foi condecorada com a Medalha "Bento Moreira Lima" concedida pelo Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão em 2010; e recebeu o título de Mulher-cidadã Bertha Lutz, em 2009 pelo Senado Federal, entre outras honrarias.

Pleito do TRT

O corregedor Nacional de Justiça, ministro Luís Felipe Salomão, rejeitou anular a eleição para presidente do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 16ª Região, no Maranhão, marcada para esta sexta-feira.

O pleito em questão foi inicialmente realizado em outubro, quando foram eleitos, respectivamente, os desembargadores Márcia Andrea Farias da Silva e Carvalho Neto.

A disputa, no entanto, ocorreu sem a participação de desembargador Gerson de Oliveira Costa Filho, que havia sido declarado inelegível no dia da eleição, após impugnação da própria Márcia Andrea Farias.

Banco de Oportunidades

A Superintendência Regional do Trabalho e Emprego no Maranhão – SRTB/MA promoveu esta semana, de 28 a 30 de novembro, um evento onde apresentou o Banco de Oportunidades do Senac Maranhão para as empresas do segmento de bares, restaurantes, lanchonetes e similares.

O Banco de Oportunidades tem como objetivo realizar a intermediação entre os alunos egressos do Senac e as oportunidades existentes no mundo do trabalho.

Também oferece à classe empresarial uma fonte eficaz de recrutamento de profissionais que respondam às suas exigências.

Mais um feriado

A Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei que torna o Dia da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro, feriado nacional.

O texto já tinha sido aprovado pelo Senado e, agora, vai à sanção presidencial. Pelo projeto, a data será chamada Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra.

Foram 286 votos a favor, 121 contra e duas abstenções.

Atualmente, a data é feriado em seis estados (Mato Grosso, Rio de Janeiro, Alagoas, Amazonas, Amapá e São Paulo) e em mais de mil cidades por meio de leis municipais e estaduais.

A data é uma homenagem a Zumbi dos Palmares, líder do Quilombo dos Palmares, morto em 1695, e símbolo de resistência contra a escravidão.

 DE RELANCE

A democratização da guerra

Faço coro com Tulio Milman quando diz que estamos vivendo uma guerra mundial. Sim, ela é diferente das anteriores, porque se divide em duas frentes interligadas. A primeira é a dos combates entre Hamas e Israel, no Oriente Médio.

Mas existe um outro e gigantesco campo de batalha: as redes sociais. Antes, a guerra era majoritariamente territorial, com derivações secundárias: disputas de narrativas centralizadas nos grandes veículos de comunicação.

Hoje, cada sofá ou poltrona diante de um celular ou de um computador é um posto de combate. A possibilidade ilimitada de postagens e o alcance potencial delas é uma arma com munição infinita.

A democratização da guerra...2

Não somos mais observadores angustiados e impotentes das batalhas. Fazemos parte delas, direcionando imagens e frases uns contra os outros, ou para defender posições.

Há, neste momento, combatentes em ações na Sibéria, na Bolívia, no Congo, em Nova York, em Istambul, em Pequim e em Port Moresby, capital da Papua-Nova Guiné.

O botão que dispara uma nova publicação nos transforma em soldados, em qualquer lugar do mundo, a qualquer hora.

Governos e instituições medem os humores e os danos do ambiente digital, tal qual monitoram avanços e recuos do front concreto.

Existem ferramentas acessíveis e simples que transformam os bilhões de dados que transitam pela internet em informações simples e consolidadas. Sabe-se quem está ganhando a guerra das redes sociais e, a partir daí, define-se estratégias com impacto no terreno das operações militares.

A democratização da guerra...3

O mais paradoxal é que, na segurança dos nossos lares, nos sentimos ao mesmo tempo distantes e próximos. Distantes quando levamos a nossa vida corriqueira. Próximos quando algum algoritmo nos alimenta com inputs da guerra, nos instigando, mesmo distantes, a disparar mísseis em direção a um território que, muitas vezes, sequer conhecemos e que, frequentemente, não compreendemos.

Quando entra no Brasil, a guerra do Oriente Médio passa a ser analisada sob o prisma da radicalização Lula-Bolsonaro. A radicalização é burra.

Então, se um é defensor de Israel, mesmo que seja pelas razões erradas, o outro se posiciona automaticamente do lado oposto.

Cuidado. O que está em jogo não é Lula ou Bolsonaro, esquerda ou direita, liberalismo ou comunismo. O que está em jogo são três palavras que definem o modelo de sociedade no qual queremos viver: liberdade, respeito e democracia.

Dito isso, aperte o botão. Cuidado, apenas, para não ser atingido, ali adiante, pelo seu próprio disparo.

Exposição e livro de Meireles Jr.

A partir de segunda-feira, 4 de dezembro, a Galeria Trapiche recebe a exposição “Joias da Arquitetura Civil Portuguesa – Casario de São Luís do Maranhão” do fotógrafo maranhense Meireles Júnior.

Esse projeto de relevância cultural foi viabilizado com patrocínio do Governo do Estado do Maranhão e Grupo Potiguar, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura.

A exposição apresenta aspectos presentes em São Luís da arquitetura pombalina, um estilo arquitetônico português do século XVIII que foi criado pelo Marquês de Pombal após um terremoto seguido de um tsunami que destruiu a cidade de Lisboa, em 1755.

A abertura será dia 4 de dezembro às 18h30, na Galeria Trapiche (Av. Dom Pedro II, 241 – Centro) e vai contar com pocket de show de músicos como Guilherme Jr. e Adriano Correia, além da presença de Meireles Jr. autografando os livros do projeto. O evento é gratuito e aberto ao público.

Após a abertura, a visitação gratuita seguirá aberta ao público, de 5 a 10 de dezembro de 2023, das 9h às 18h. 

PH com o casal Fabiola e Marcelo Brasil e o prefeito Eduardo Braide
PH com o casal Fabiola e Marcelo Brasil e o prefeito Eduardo Braide

Reunidos na foto com o Repórter PH, o casal Fabiola e Marcelo Brasil (Grupo Potiguar), patrocinadores do projeto “Joias da Arquitetura Civil Portuguesa – Casario de São Luís do Maranhão” e o Prefeito de São Luís Eduardo Braide, apoiador do projeto do fotógrafo Meireles Jr. que, de 4 a 10 de dezembro estará em exposição na Galeria Trapiche na Praça Pedro II

 ----------------------------------------------------------------

Show “Canção em Canção”

Nesta terça-feira, 5 de dezembro, às 19h, no Teatro João do Vale (Praia Grande - Centro Histórico), uma legião de fãs e admiradores formará plateia para assistir ao show “Canção em Canção”, ponto alto das ações do projeto que Josias Sobrinho vem realizando ao longo deste ano.

No show, um timaço de artistas subirá ao palco para participações especiais. São eles: Gabriela Marques, Sérgio Habibe, Roberto Brandão, Lenita Pinheiro, Beto Ehongue, Aziz Jr., Cassiano Sobrinho, Elisa Lago, Lucas Sobrinho e Lobato (do Boi de Morros).

O cantor e compositor Zeca Baleiro também estará presente, de modo virtual.

Além dos craques reunidos, exclusivamente, para essa ocasião, formando a banda que acompanha Josias Sobrinho: Jesiel Bives (direção e teclados), Andrezinho (acordeon), Carlos Raqueth (baixo), Sued Richarlys (violão e guitarra), Dark Brandão (percussão) e Isaías Alves (bateria).

A produção é de Tatiana Ramos.

No Parque Ibirapuera

No último fim de semana antes dos festejos de Natal, o Parque Ibirapuera, em São Paulo, receberá trabalhos de três artistas que serão projetados na fachada do Museu Afro Brasil Emanoel Araújo, equipamento da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Estado de São Paulo, numa ação realizada pela instituição em parceria com o Coletivo Coletores.

Unidos por se contraporem ativamente ao apagamento negro e questionarem o direito à cidade e à memória, o MAB Emanoel Araujo e os artistas Toni Baptiste e Flávio Camargo, do Coletivo Coletores, compõem o comitê misto que desenhou esta primeira edição de projeções de vídeo mapping na fachada do Pavilhão Padre Manoel da Nóbrega, sede do Museu.

Para celebrar esta projeção de trabalhos de artistas realizados a partir de diferentes contextos e referências, o Museu preparou atividades complementares que são convites para mergulhar na linguagem do vídeo mapping.

Exposição Caçador De Mim

A arte como expressão da ancestralidade africana e afro-brasileira poderá ser apreciada na exposição Caçador de Mim, do artista visual Éder Luna, que será aberta na próxima terça-feira, dia 5 de dezembro, no Espaço de Arte Ilzé Cordeiro, do Centro Cultural do Ministério Público, às 16h.

Essa será a primeira exposição individual do artista maranhense, natural da cidade de Pedreiras, da região do Médio Mearim. 

Suas obras apresentam cenas da cultura popular e das procissões e brincadeiras tradicionais, como o bumba-meu-boi e o tambor de crioula.

Há também telas que retratam os orixás, divindades da tradição de matriz africana, cultuados no Brasil e no mundo.

A exposição Caçador de Mim ficará em cartaz até o dia 30 de janeiro de 2024, no Espaço de Arte Ilzé Cordeiro do Centro Cultural do Ministério Público, localizado na Rua Osvaldo Cruz, 1396 – Centro.

O artista visual Éder Luna abre a exposição Caçador de Mim, na próxima terça-feira, dia 5 de dezembro, no Espaço de Arte Ilzé Cordeiro
O artista visual Éder Luna abre a exposição Caçador de Mim, na próxima terça-feira, dia 5 de dezembro, no Espaço de Arte Ilzé Cordeiro

 TRIVIAL VARIADO

Em evento do Partido Liberal (PL) em Brasília, o ex-presidente Jair Bolsonaro afirmou que a legenda lançará candidato ao Senado em todos os Estados nas eleições de 2026.

A ofensiva do ex-presidente veio após a indicação do ministro Flávio Dino ao STF, que deverá ser votada no próximo mês no Senado Federal.

Carlos Bolsonaro, inclusive, já estaria decidido a concorrer ao Senado, em dobradinha com o irmão Flávio, que concorrerá à reeleição em 2026.

Valorização: a Universidade de Brasília (UnB) informou que realizará processo seletivo exclusivo para pessoas com 60 anos ou mais.

Pnad Contínua: pela primeira vez, o Brasil ultrapassou a marca de 100 milhões de trabalhadores ocupados desde o início da série histórica

Diagnóstico preciso: Kit da Fiocruz, o 1º do mundo a detectar a malária, elevou o Brasil ao mais alto patamar de segurança nas transfusões de sangue.

Fraude: Anatel publicou medidas para evitar golpes com a numeração 0800. Operadoras de telefonia têm 30 dias para se adequar às regras.

Comemorado no dia 2 de dezembro, não se sabe de qualquer movimentação em São Luís para celebrar o Dia Nacional do Samba.

As opiniões, crenças e posicionamentos expostos em artigos e/ou textos de opinião não representam a posição do Imirante.com. A responsabilidade pelas publicações destes restringe-se aos respectivos autores.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram, TikTok e canal no Whatsapp. Curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.