Família real

Mistério sobre túmulo da princesa Diana chega ao fim após 26 anos de especulações

Karen Spencer, esposa do irmão de Diana, confirmou nesta semana o real local onde a princesa está enterrada.

Fabiana Serra/Na Mira

- Atualizada em 20/10/2023 às 11h59
Princesa Diana. (Foto: Getty Images)
Princesa Diana. (Foto: Getty Images)

INGLATERRA - A morte da princesa Diana, em agosto de 1997, marcou a história e compadeceu pessoas ao redor do mundo. Até hoje, 26 anos depois do trágico acidente, Lady Di continua sendo amada e celebrada pelos fãs. No entanto, assim como sua vida, a morte de Diana também foi alvo de muitas especulações e teorias de conspiração.

O sepultamento da princesa é um dos aspectos mais discutidos entre os especuladores desde a morte de Diana. A teoria diz que Lady Di não foi enterrada na mansão de Althorp, uma propriedade que pertence à família da princesa há mais de 500 anos, em Great Brington, no centro da Inglaterra.

Em vez disso, Diana teria sido enterrada na cripta de sua família, na igreja St Mary's, também em Great Brington. A teoria ganhou força pois não é possível visitar o túmulo da princesa, visto que ele está localizado em uma pequena ilha no centro de um lago em Althorp, onde ela cresceu.

No entanto, o mistério chegou ao fim nesta semana. Karen Spencer, esposa do irmão de Diana, confirmou que ela está de fato enterrada na ilha em Althorp. A condessa respondeu perguntas de curiosos no Instagram após publicar fotos do local. 

Túmulo da princesa Diana em Althorp (Foto: Reprodução/Instagram). 
Túmulo da princesa Diana em Althorp (Foto: Reprodução/Instagram). 

Segundo Karen, não foi possível sepultar Diana na igreja St Mary's, pois "a lei no Reino Unido diz que ela precisaria ser cremada para ser sepultada na cripta. Isso não era o que ela queria, então não foi possível."

O enterro na cripta realmente foi cogitado pela família, o que preocupava os 250 moradores de Great Brington que tinham receio de que o local se tornasse destino de milhares de turistas, como em Graceland, onde o cantor Elvis Presley está enterrado nos Estados Unidos.

Na época, Charles Spencer, irmão de Diana, afirmou que o sepultamento na ilha permitiria que o túmulo da princesa fosse "mantido propriamente pela família e visitado em privacidade pelos filhos".

A Condessa Spencer afirmou ainda que o local é "muito seguro", que a vegetação é aparada com frequência e que as árvores dão "privacidade" a Diana. Segundo a família, a princesa sempre teve uma ligação muito forte com o lago, que era o seu lugar favorito em Althorp durante sua infância.

Seguindo uma tradição britânica, Diana e os filhos, William e Harry, plantaram pessoalmente diversas árvores em volta do lago. A família da princesa planta árvores raras no local desde 1833.

Um dos seguidores de Karen Spencer a agradeceu por finalmente dar fim aos boatos. "Obrigada por se manifestar publicamente sobre esse mito. Um comentário da família era o pedaço que faltava em 26 anos de especulação." 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram, TikTok e canal no Whatsapp. Curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.