Colisão

Motociclista morre após acidente na BR-010 em Davinópolis

Vítima foi identificada como Gercimar Costa Mendes, 45 anos.
Imirante.com / Imperatriz14/09/2020 às 09h19
Motociclista morre após acidente na BR-010 em Davinópolis  Veículo envolvido no acidente ficou com a frente destruída. (Foto: divulgação)

DAVINÓPOLIS – Um homem, de 45 anos, identificado como Gercimar Costa Mendes, morreu nesse domingo (13), após sofrer uma colisão traseira, na BR-010, no município de Davinópolis, distante 657 km de São Luís. O acidente aconteceu por volta das 10h da manhã.

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), os veículos envolvidos foram um VW/Novo Gol 1.0, cor vermelha, conduzido por um jovem de 23 anos, e uma Honda/NXR150 Bros ES, cor vermelha, que era conduzida pela vítima.

Com base na análise dos vestígios identificados, constatou-se que ambos transitavam no sentido crescente da rodovia, Governador Edison Lobão/Imperatriz, quando, ao tentar realizar ultrapassagem, o VW/Gol colidiu violentamente contra a traseira da moto sobre a faixa de rolamento de sentido contrário. Após o impacto, ambos os veículos saíram da pista de rolamento.

Uma viatura da Polícia Militar do Maranhão (PM-MA) que passava pelo local acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Conforme apurado, o motociclista preparava-se para entrar na Fazenda Bananal, onde trabalhava, situada cerca de 70 metros do local do impacto.

O condutor do VW/Gol foi convidado a realizar o teste do etilômetro, mas se recusou, afirmando ter ingerido bebida alcoólica durante a noite. O mesmo apresentava odor etílico e olhos vermelhos quando a equipe PRF chegou ao local.

Diante das informações obtidas foi constatada, a princípio, a incidência no artigo 302 do Código de Trânsito Brasileiro: Art. 302. Praticar homicídio culposo na direção de veículo automotor: § 3o Se o agente conduz veículo automotor sob a influência de álcool ou de qualquer outra substância psicoativa que determine dependência: (Incluído pela Lei nº 13.546, de 2017). Penas - reclusão, de cinco a oito anos, e suspensão ou proibição do direito de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo automotor. (Incluído pela Lei nº 13.546, de 2017).

Diante dos fatos, o condutor do Gol vermelho foi encaminhado ao plantão central da Polícia Civil em Imperatriz para os procedimentos cabíveis.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.