Em Coelho Neto

Adolescente de 16 anos morre com "tiro acidental" disparado por policial militar

O caso aconteceu nessa quarta-feira (19), na zona rural do município de Coelho Neto.
Imirante.com, com informações da TV Mirante20/02/2020 às 14h40
Adolescente de 16 anos morre com "tiro acidental" disparado por policial militarO caso aconteceu na cidade de Coelho Neto, em um riacho na zona rural do município, durante uma operação realizada pela PM. (Foto: Reprodução/TV Mirante)

COELHO NETO - Nessa quarta-feira (19), um adolescente de 16 anos, identificado como Pablo Ruan Figueiredo, morreu após ser alvejado com um tiro disparado por um policial militar. O caso aconteceu na cidade de Coelho Neto, em um riacho na zona rural do município, durante uma operação realizada pela PM.

Segundo a Polícia Civil, o adolescente estava trafegando na garupa de uma moto, que era pilotada por um amigo dele. Durante o trajeto, os dois jovens foram surpreendidos por uma viatura da PM. Um dos policiais, identificado como cabo Macedo, que é lotado na 3ª Companhia do 2º Batalhão de Polícia Militar, apontou a arma para o adolescente e acabou disparando um tiro no rosto da vítima.

Pablo Ruan Figueiredo ainda foi levado ao hospital, mas morreu ao dar entrada na unidade hospitalar.

Nesta quinta (20), o cabo Macedo se apresentou no quartel da PM em Caxias, acompanhado de um advogado. Em depoimento, o PM disse que o tiro foi acidental. Como o policial se apresentou espontaneamente, ele foi liberado.

A Polícia Civil do Maranhão abriu inquérito para investigar o caso.

Ouça, na reportagem de Alessandra Rodrigues da Mirante AM, mais detalhes do caso:

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.