Homicídio

Empresária é morta a tiros quando abria loja, em Buriticupu

Maria Solange Alves Costa sofreu vários disparos e caiu já sem vida dentro do estabelecimento.
Imirante.com Imperatriz12/03/2019 às 11h22
Empresária é morta a tiros quando abria loja, em BuriticupuOs criminosos estavam numa moto e os tiros foram efetuados pelo garupa. (Foto: divulgação)

BURITICUPU – Um crime bárbaro chocou os moradores de Buriticupu na manhã desta terça-feira (12). A vítima foi a empresária Maria Solange Alves, 54 anos, proprietária de uma loja de calçados, que fica localizada avenida Castelo Branco, centro da cidade.

Leia também: Bandido tenta atirar na cabeça de cobradora durante assalto a ônibus

De acordo com informações da Polícia Militar, a mulher foi executada por volta das 8h, quando abria seu estabelecimento comercial. Segundo a polícia apurou por meio de testemunhas, Solange foi atingida por disparos na porta de loja, ainda correu, mas caiu sem vida dentro do estabelecimento.

Os criminosos estavam numa moto e os tiros foram efetuados pelo garupa. Após matar a empresária, eles fugiram. Agora, a polícia trabalha para identificar e prender os autores do crime. Por enquanto ainda não há uma linha de investigação.

Participação na morte do pai

Maria Solange Alves foi presa em 2011, acusada de participação na morte do próprio pai, o líder comunitário Acrísio Pereira Costa, ocorrida naquele ano. O crime teria tido a participação de mais três irmãos.

Na época ela chegou a confessar a autoria intelectual do crime, alegando que teria sido estuprada pelo pai quando tinha 13 anos. Foi júri popular e acabou sendo absolvida.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.