No Espírito Santo

Casal que mantinha criança de 7 anos em gaiola é preso

Contra o homem e a mulher, já havia um mandado de prisão por causa das denúncias de maus-tratos feitas pelos vizinhos.
Imirante.com, com informações do G1 ES 23/05/2020 às 13h04
Casal que mantinha criança de 7 anos em gaiola é preso Casa em que criança morava com o pai e a madrasta em Linhares, no Espírito Santo. (Foto: Eduardo Dias / TV Gazeta Norte)

LINHARES - Nessa sexta-feira (23), a Polícia Civil prendeu um casal, que prendia uma criança de 7 anos em uma gaiola, foi preso. O caso aconteceu em Linhares, no Espírito Santo. A menina era filha do homem e enteada da mulher.

De acordo com delegado Regional de Linhares, Fabrício Lucindo, a criança já havia sido resgatada pelo Conselho Tutelar, após denúncias. "Fizemos o possível para resolver rapidamente essa situação, tomamos o cuidado para que a menina fosse resgatada pelo Conselho Tutelar, para ela não se assustasse com a chegada da polícia, e agora esperamos que eles paguem pelo que cometeram", declarou.

Ainda segundo Lucindo, o casal prendia a criança na gaiola como uma espécie de punição. "A menina era ocasionalmente presa na gaiola. Recebia alimentação por um buraco, igual a um bicho. Aliás, pior que um bicho, que às vezes tem gente que cuida muito melhor de animal doméstico", relatou.

O delegado ainda explicou que policiais chegaram até a casa do casal depois de receberem as denúncias. "Recebemos de vizinhos relatos de que a menina era espancada constantemente. No início da investigação, ficamos enojados com a situação, pela forma como a criança foi criada", disse.

A mulher foi encaminhada para o Centro Prisional Feminino de Colatina e o pai para a Penitenciária Regional de Linhares.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.