Alerta

"Isolamento domiciliar não é descer para tomar banho de piscina", diz Mandetta

O Ministro da Saúde ainda pediu que as pessoas evitem sair de suas residências diante de qualquer sintoma parecido com o da gripe.
Imirante.com20/03/2020 às 14h01
"Isolamento domiciliar não é descer para tomar banho de piscina", diz Mandettao Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, ainda pediu que as pessoas evitem sair de suas residências diante de qualquer sintoma parecido com o da gripe (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

BRASIL - Nessa quinta-feira (19), durante o anúncio de novas recomendações de combate ao coronavírus, o Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse que "o isolamento domiciliar não é descer para tomar banho de piscina e dar festa no play".

O ministro Mandetta ainda pediu que as pessoas evitem sair de suas residências diante de qualquer sintoma parecido com o da gripe, como dor no corpo, secreção no nariz, febre ou dor na garganta.

A recomendação é que os familiares da pessoa que estiver com um desses sintomas, também evitem sair de casa. Em alguns casos, a família também deve receber atestado médico mesmo que não tenha ido à consulta.

Vale lembrar que essa orientação são para pacientes com sintomas leves e que não precisam de internação ou atendimento hospitalar. De acordo com o Ministro da Saúde, por volta de 86% dos casos de infecções pelo coronavírus, são de fácil recuperação e apresentam apenas sintomas leves.

"Quando a gente fala: está gripado, está com sintomas, é isolamento domiciliar com a sua família. Isolamento domiciliar é isolamento domiciliar. Vamos primeiro na educação e consciência. Vamos medir esta semana. Por favor, brasileiros: caso de gripe, recolha sua família e fiquem em isolamento", afirmou Mandetta, segundo o jornal O Globo.

Recomendações do Ministério da Saúde para quem tem síntomas de gripe:

  • Todas as pessoas com sintomas respiratórios devem ficar 14 dias em isolamento domiciliar.
  • As demais pessoas que habitam a mesma casa também deverão realizar isolamento domiciliar por 14 dias, mesmo que não apresentem sintomas.
  • Os serviços de saúde deverão fornecer atestado de 14 dias para todas as pessoas do domicílio, mesmo aquelas que não estiverem presentes na consulta da pessoa com sintomas.
Recomendação do Ministério da Saúde para os idosos:

  • Todas as pessoas com mais de 70 anos deverão evitar comparecimento ao trabalho ou demais ambientes fechados.
  • A recomendação é sair de casa apenas para atividades essenciais (mercado, farmácia, serviços de saúde), que não possam ser realizadas por outra pessoa do domicílio/cuidador.
  • Comunidades, vizinhos, grupos de amigos são incentivados a organizarem-se para que as pessoas com mais 60 anos recebam seus bens de primeira necessidade sem precisar sair de casa.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.