FEITOS DA CIÊNCIA

Brasileiro com câncer terminal ganha alta de hospital após técnica inovadora

O mineiro Vamberto, de 62 anos, tinha Linfoma e estava internado em fase terminal da doença.
IMIRANTE.COM, COM INFORMAÇÕES DO G110/10/2019 às 21h41
Brasileiro com câncer terminal ganha alta de hospital após técnica inovadoraPaciente com câncer terminal está "virtualmente" curado da doença. (Foto: Divulgação)

BRASIL - Após ser submetido a um tratamento inédito, um paciente brasileiro de 62 anos, que tinha Linfoma (um tipo de câncer) em fase terminal, deve receber alta do hospital onde estava internado, e onde recebia morfina diariamente para aliviar as dores que sentia, no próximo sábado (12).

O paciente submetido ao tratamento é o mineiro Vamberto, um funcionário público aposentado. Antes da técnica inovadora a que foi submetido, ele tentou a tradicional quimio e radioterapia, mas nenhuma das estratégias surtiu efeito em seu caso, em estágio avançado.

O tumor do paciente, de origem linfática, já havia se espalhado para os ossos dele. Seu prognóstico, identificada esta fase de progressão do câncer, era de que Vamberto não chegasse a viver um ano sequer, pensavam os acompanhantes do paciente no hospital onde estava internado.

Mas os médicos ousaram e utilizaram um método inovador, em estudo, no paciente. A estratégia de CART-Cell, que consiste em habilitar células de defesa do corpo (linfócitos T) com receptores capazes de reconhecer o tumor foi testada e deu certo. Quatro dias após a testagem, o paciente já estava livre das dores que lhe obrigavam estar acamado no hospital.

De acordo com médicos e especialistas, "virtualmente" Vamberto, de 62 anos, e que já era considerado paciente terminal, pode ser considerado curado. Mas a constatação desse fato inédito mesmo, só pode ser observada daqui cinco anos, dizem.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.