Fuga mal sucedida

Homem tenta fugir de penitenciária no RJ disfarçado de mulher

O preso foi identificado como Clauvino da Silva, de 42 anos, ele cumpre pena de 73 anos e 10 meses de prisão por tráfico de drogas.
Imirante.com03/08/2019 às 21h03
Disfarce de mulher usado pelo preso. Foto: Reprodução / G1

RIO DE JANEIRO – Um homem tentou fugir, disfarçado de mulher, na tarde deste sábado (3), no Complexo Penitenciário de Gericinó (Bangu 3), na Zona Oeste do Rio de Janeiro. A ação do detento foi frustrada por agentes da Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (Seap) que conseguiram descobrir o disfarce e impedir a fuga do preso.

O detento foi identificado como Clauvino da Silva, de 42 anos, conhecido como Baixinho, que cumpre pena por tráfico de drogas. De acordo com a Seap, o preso pretendia deixar a sua filha dentro da cadeia e pegar a roupa dela para tentar fugir da penitenciária.

O preso está condenado a 73 anos e 10 meses de prisão. Clauvino da Silva, de Angra dos Reis, possui em seu histórico uma outra fuga do sistema prisional do Rio de Janeiro, em 2013, quando conseguiu fugir pelo sistema de esgoto da unidade.

Detalhes dos acessórios usados para o disfarce. Foto: Reprodução / G1

Clauvino da Silva tentou sair do local onde está preso pela porta da frente. Foi quando os inspetores penitenciários perceberam a atitude suspeita e conseguiram barrar o plano de fuga. O traficante, sua filha e mais sete visitantes foram encaminhados à delegacia para fazerem registro de ocorrência.

Entre as pessoas encaminhadas à delegacia, está uma grávida. Ela é apontada como a principal suspeita de ter entrado no presídio com a máscara e os acessórios usados por Clauvino durante a tentativa de fuga, visto que, pelo fato de estar grávida, a mulher não foi revistada.

Segundo a corregedoria da Seap uma sindicância será instaurada para apurar os fatos da tentativa de fuga.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.