Visivelmente alcoolizado

Deputado maranhense agride cantor e ameça PM de morte no Piauí

Fábio Macedo foi preso após uma confusão em um bar na área nobre de Teresina. Ele chegou a jurar um PM de morte.
Imirante.com09/03/2019 às 10h25
Deputado maranhense agride cantor e ameça PM de morte no PiauíO deputado estadual do Maranhão Fábio Macedo (PDT) foi detido pela Polícia Militar do Piauí. (Foto: Divulgação)

TERESINA (PI) – Na noite dessa sexta-feira (8), o deputado estadual do Maranhão Fábio Macedo (PDT), foi detido pela Polícia Militar do Piauí, após agredir duas pessoas e ameaçar um policial militar de morte.

A confusão aconteceu em um bar, na zona Leste de Teresina, considerada área nobre da cidade. Segundo informações da Polícia Civil do Maranhão, o deputado Fábio Macedo agrediu um cantor, identificado como Léo Cachorrão, dentro de um bar, além de um policial militar que fez a condução do deputado para a delegacia.

Diante do delito, o deputado maranhense foi levado para Central Flagrantes em Teresina. Na hora da condução, Fábio Macedo, visivelmente alcoolizado, chegou a ameaçar um policial do Piauí de morte. "Eu vou te matar, vagabundo. Eu te pego, vou te matar... Tá morto ele, esse cara tá morto", ameaçou o deputado.

Ouça o áudio que mostra o deputado ameaçando o policial.

Segundo testemunhas, a confusão no bar teve início após a cobrança de uma dívida entre o deputado e o cantor. Durante a briga, Fábio Macedo chegou a lesionar o rosto de Léo Cachorrão com um copo. Já o PM, foi agredido quando tentava conduzir o deputado até a delegacia.

Após chegar na delegacia, o deputado ainda desacatou os policiais.

O Imirante.com entrou em contato com a Assembleia Legislativa do Maranhão e com a assessoria do deputado Fábio Macedo e aguarda um posicionamento de ambos.

Veja, no vídeo, imagens da prisão do deputado Fábio Macedo em Teresina.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.