Preparação

Escolas preparam os alunos para a Olimpíada Brasileira de Matemática

Competição tem estudantes do 6º ano do Ensino Fundamental até o Ensino Médio.
Educa Mais Brasil18/02/2019 às 16h47
Escolas preparam os alunos para a Olimpíada Brasileira de MatemáticaAs provas são segmentadas de acordo com o nível de escolaridade. (Foto: divulgação)

BRASIL - Foi dada a largada para a inscrição de estudantes a partir do 6º ano do Ensino Fundamental na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep). Podem participar integrantes da rede pública e da rede privada, mas é preciso que as escolas preencham a ficha de inscrição dos participantes até 15 de março. As duas etapas serão realizadas em 21 de maio e 28 de setembro, e o resultado será informado em 03 de dezembro.

As provas são segmentadas de acordo com o nível de escolaridade: nível 1 (sexto e sétimo anos), nível 2 (oitavo e nono anos) e nível 3 (qualquer ano do ensino médio). Em 2018, houve cerca de 18,2 milhões de participantes – entre eles, 24 alunos do Colégio Americano. “O estudo da Matemática desenvolve habilidades e competências que são imprescindíveis ao longo da vida. Por isso, a escola trabalha com seus alunos proporcionando aplicabilidade e significação dos conteúdos abordados”, sinaliza Andressa Dias Nunes Magalhães, pedagoga da instituição.

Formada em Pedagogia e pós-graduada em Gestão Educacional Integrada, Magalhães sinaliza que a competição estimula o aprendizado e, por isso, a instituição de ensino lançou a Olimpíada Interna do Colégio Americano. “A OINCA foi idealizada tanto para intensificar o preparo dos alunos, como para desmistificar que a Matemática e muito difícil e entediante”, afirma.

Com questões formuladas a partir do formato da Obmep, a OINCA prepara os alunos, que também são acompanhados por parte da equipe docente. “Está sendo oferecido apoio dos professores de Matemática, com momentos de estudos direcionados. Há também suporte da equipe pedagógica e administrativa, com a utilização de estratégias de premiação para os alunos destaques”, comenta Andressa.

Premiações

Serão distribuídas 6,5 mil medalhas de acordo com a organização: 500 de ouro, 1,5 mil de prata e 4,5 mil de bronze. Além disso, serão até 46,2 mil Menções Honrosas. As escolas particulares receberão 975 medalhas (75 ouros, 225 pratas e 675 bronzes) e até 5.700 certificados de Menção Honrosa.

Os vencedores de cada rede de ensino serão premiados separadamente e os medalhistas garantem ingresso em programas de iniciação científica. Realizado desde 2005 pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), com o suporte da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM), a Obmep recebe recursos do Ministério da Educação (MEC) e do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.