Recuperação

Bolsonaro caminha sem apoio e recebe alimentação sólida

A nutrição parenteral (endovenosa) foi suspensa ontem, mas o suplemento nutricional, mantido.
Fernanda Cruz / Agência Brasil12/02/2019 às 13h16
Bolsonaro caminha sem apoio e recebe alimentação sólidaO governador de São Paulo, João Doria, visitou o presidente, na tarde de segunda-feira, e disse que ele deve ter alta nesta semana. (Foto: divulgação)

SÃO PAULO - O presidente Jair Bolsonaro caminhou 280 metros nesta terça-feira (12) pelos corredores do Hospital Albert Einstein sem necessidade de apoio. Desde ontem, ele está ingerindo uma dieta sólida e leve, segundo a assessoria de imprensa da Presidência da República.

Leia também: Bolsonaro tem alta da Unidade Semi-Intensiva

Na manhã de hoje, Bolsonaro se alimentou com torrada, fruta cozida e chá. No almoço, foram servidas sopa, massa à bolonhesa e, novamente, fruta cozida.

A nutrição parenteral (endovenosa) foi suspensa ontem, mas o suplemento nutricional, mantido. Com a melhora do quadro clínico, o presidente recebeu alta da Unidade de Terapia Semi-intensiva do Hospital Israelita Albert Einstein, na capital paulista. Por ordem médica, as visitas permanecem restritas.

O governador de São Paulo, João Doria, visitou o presidente, na tarde de segunda-feira, e disse que ele deve ter alta nesta semana. A assessoria de imprensa da Presidência informou que a alta está sendo avaliada pelos médicos.

Bolsonaro está internado no Hospital Albert Einstein, na capital paulista, desde 27 de janeiro, quando se submeteu à cirurgia de reconstrução intestinal e retirada da bolsa de colostomia.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.