Onda de violência

Cidades do Ceará registram novos ataques criminosos

Homens da Força Nacional de Segurança já começaram a chegar em Fortaleza.
Imirante.com, com informações da Agência Brasil05/01/2019 às 20h58
Cidades do Ceará registram novos ataques criminososAtaques aterrorizam várias cidades no Ceará. (Reprodução)

FORTALEZA - As cidades de Sobral e Massapê, na região norte do estado do Ceará, foram alvos de ataques criminosos na madrugada deste sábado (5), segundo a Polícia Militar (PM) no município de Sobral.

De acordo com a corporação, as ações criminosas foram contra o prédio da Guarda Municipal, onde um ônibus da instituição foi incendiado.

Na ação contra Centro de Referência de Assistência Social, que funciona na Vila União, os policiais conseguiram impedir que os criminosos incendiassem o prédio e prenderam quatro suspeitos.

A PM informou ainda nos dois ataques foram registrados apenas danos materiais. Desde a madrugada, o policiamento está reforçado na cidade de Sobral.

Em Massapê, a polícia informou que quatro veículos tipo van foram incendiados, mas os criminosos conseguiram fugir.

Ajuda federal

Na noite dessa sexta-feira (4), começaram a chegar a Fortaleza 300 homens da Força Nacional de Segurança, que embarcaram de Brasília em aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB). O emprego do efetivo federal foi autorizado pelo ministro da Justiça, Sergio Moro, por um período inicial de 30 dias, após pedido do governador do Ceará, Camilo Santana.

Foram designados agentes da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, do Departamento Penitenciário Nacional e homens da Força Nacional e das Forças Armadas. As forças atuarão em parceria com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social e as polícias locais. Também foram deslocadas 30 viaturas que darão apoio às tropas na segurança pública no estado.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.