Economia

Demanda das empresas por crédito tem crescimento nulo em 2013, aponta indicador

Imirante.com, com informações da Serasa Experian22/01/2014 às 08h38

SÃO LUÍS – Conforme apurou o Indicador Serasa Experian de Demanda das Empresas por Crédito, houve crescimento nulo da procura empresarial por crédito em 2013 na comparação com o ano de 2012. Apesar deste crescimento ter sido nulo, o resultado foi melhor que a queda de 5,2% apresentada pela demanda empresarial por crédito verificada em 2012.

De acordo com os economistas da Serasa Experian, a continuidade das sucessivas elevações da taxa básica de juros (taxa Selic), provocando o encarecimento do crédito corporativo, e as incertezas quanto ao cenário econômico doméstico impediram melhor desempenho da procura das empresas por crédito em 2013.

Análise por porte

No ano de 2013, as grandes empresas exibiram o melhor desempenho em termos de demanda por crédito: alta de 18% frente 2012. As médias empresas apresentaram crescimento de 3,8% no acumulado do ano de 2013. E, por fim, o ano de 2013 registrou queda 0,5% na busca das micro e pequenas empresas por crédito.

Análise por setor

Em 2013, dois dos três setores econômicos pesquisados exibiram avanços nas suas demandas por crédito: variações acumuladas de 3,5% nas empresas de serviços e de 1,6% nas empresas industriais. Apenas as empresas comerciais acusaram queda em suas demandas por crédito no ano de 2013: recuo de 3,2% frente ao ano de 2012.

Análise por região

Os melhores desempenhos de 2013 na busca empresarial por crédito ocorreram nas regiões Centro-Oeste (alta de 1,6%) e Norte (alta de 1,3%). No Nordeste o avanço foi de 0,6% e no Sudeste de 0,1%. Apenas a região Sul registrou queda na demanda das empresas por crédito em 2013: recuo de 1,7% em comparação a 2012.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.