Crime foi em 1999

Índios condenados por latrocínio são presos em Barra do Corda

As vítimas foram roubadas, torturadas e assassinadas com requintes de crueldade.
Imirante.com, com informações da Polícia Civil 29/03/2019 às 13h31
Índios condenados por latrocínio são presos em Barra do CordaJosé Matias Isac Guajajara, Valdemir Tomás Guajajara e Argemiro Guajajara. (Foto: Divulgação)

BARRA DO CORDA - A Polícia Civil de Barra do Corda, com apoio da Polícia Militar, realizou nesta sexta-feira (29), uma operação para cumprir três mandado de prisão em desfavor dos indígenas José Matias Isac Guajajara, Valdemir Tomás Guajajara e Argemiro Guajajara.

As prisões foram decretadas pelo Juiz Antônio Elias de Queiroga Filho, em sentença condenatória, pelo crime de latrocínio. Segundo a Polícia Civil o crime foi praticado no ano de 1999, contra as vítimas Geová Alves Palmas e Magno Augusto Araújo de Sousa.

As vítimas eram de outro Estado e estava trafegando pela BR-226, quando foram abordadas pelos índios que estavam protestando por causa do atropelamento de um indígena, tendo então as vítimas sido torturadas, tido seus pertences e valores que traziam consigo roubados e, por fim, foram assassinadas com requintes de crueldade.

Na sentença, José Matias Isac Guajajara, Valdemir Tomás Guajajara e Argemiro Guajajara foram condenados a uma pena de 47 anos e 6 meses de prisão, cada um.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.