Em 2010

Vaqueiro preso pela morte de “Nenzin” é indiciado por outro homicídio qualificado

Luzivan Rodrigues da Conceição Nunes confessou ter assassinado um homem a tiros, por causa do furto de uma motosserra.
Imirante.com26/04/2018 às 16h15
Vaqueiro preso pela morte de “Nenzin” é indiciado por outro homicídio qualificadoLuzivan Rodrigues da Conceição Nunes, conhecido como "Luizão". (Foto: Divulgação)

BARRA DO CORDA - A Polícia Civil de Barra do Corda encaminhou, nesta quinta-feira (26), mais um inquérito contra o vaqueiro Luzivan Rodrigues da Conceição Nunes, conhecido como "Luizão".

Leia também:

Após reconstituição, polícia afirma que Júnior ou vaqueiro podem ter atirado em Nenzin

Vaqueiro é preso, novamente, suspeito de participar da morte de Nenzin

Ex-vaqueiro é preso por participação na morte de Nenzim

Segundo as investigações, Luizão, que foi indiciado pelo homicídio qualificado do ex-prefeito de Barra do Corda, Manoel Mariano de Sousa, conhecido como “Nenzin”, teria sido autor de outro homicídio qualificado. Os investigadores apuraram que o vaqueiro teria assassinado Raimundo Nonato de Jesus, no dia 12 de agosto de 2010, no povoado São José do Mearim na zona rural de Barra do Corda. A vítima foi assassinada com vários disparos de arma de fogo, após uma discussão sobre o furto de uma motosserra.

“O crime estava impune desde a presente data, por medo dos familiares da vítima em procurar a polícia e sofrerem represálias por parte do autor Luizão, sendo que com a prisão deste, suspeito da morte do ex-prefeito de Barra do Corda, a polícia judiciária recebeu denúncias via WhatsApp da ocorrência desse outro crime, sendo possível então localizar os familiares da vítima e concluir as investigações, tendo o indiciado Luizão confessado tal delito em seu interrogatório”, afirma a polícia Civil.

Diante dos fatos, foi representado pela Polícia Civil, nos autos dessa nova investigação, um novo mandado de Prisão Preventiva contra o vaqueiro, como forma de garantir as instruções criminais e acima de tudo a ordem Pública.

A polícia investiga, agora, se Luzivan Rodrigues da Conceição Nunes cometeu outros crimes de homicídio na região de Barra de Corda.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.